O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Dinheiro útil

Acreditem: o Pará vai transformar dinheiro em adubo orgânico.

Calma! Trata-se de experiência de preservação ambiental inédita no Brasil e no mundo, que começa a ser desenvolvida em Belém, a partir de amanhã, às 17h, no Centro Integrado de Governo, quando será assinado o convênio de cooperação técnica e financeira entre Banco Central, Governo do Estado e Universidade Federal Rural da Amazônia, destinando R$ 100 mil para a implantação do projeto “Utilização de Cédulas Trituradas na Produção de Composto Orgânico”.

11 toneladas de papel moeda retiradas de circulação na região Norte produzirão 10 toneladas de adubo orgânico que serão distribuídas para 20 pequenos produtores da Região Metropolitana. O Banco Central, que tritura 1 milhão e meio de quilos de papel moeda por ano, pretende usar o projeto piloto como modelo para todo o País.

O projeto foi desenvolvido e será coordenado pelo professor Carlos Augusto Cordeiro Costa, engenheiro agrônomo com mestrado em Química e doutorado em Engenharia, diretor do Laboratório de Húmus e Ecologia Química da Ufra, que comprovou a eficácia do uso do papel moeda na produção de adubo.

O composto orgânico, com 20% de papel moeda triturado em sua composição, é mais saudável para a população do que os adubos químicos que provocam intoxicações, Além do mais, o reaproveitamento das cédulas diminuirá os gastos para o pequeno produtor.

O convênio terá vigência até 30 de noembro de 2012. Os recursos serão liberados de acordo com o cronograma de desembolso e o plano de trabalho do projeto que será desenvolvido em parceria com a Secretaria de Estado Desenvolvimento Ciência e Tecnologia (Sedect) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Pará (Fapespa).

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *