O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Chicão, convocou e empossou Torrinho Torres, primeiro suplente do Podemos, na vaga do deputado Igor Normando, que está licenciado para exercer o cargo de secretário de Estado de Articulação da Cidadania. O novo parlamentar…

Reconhecimento máximo da Associação Paulista de Críticos de Artes a obras de Literatura, Música popular, Arquitetura, Artes Visuais, Cinema, Dança, Rádio, Teatro, Teatro Infantojuvenil e Televisão, o Prêmio IPCA, anunciado na segunda-feira, 6/2, contemplou o livro de contos “Eu já…

A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Dia do Advogado

Muitos advogados famosos já rasgaram a própria biografia ao sucumbir a honorários milionários, esquecendo o dever da luta pela justiça e cidadania. Heráclito Fontoura Sobral Pinto, jurista e advogado de presos políticos, apelidado de “Senhor Justiça”, é o exemplo eternizado a nos iluminar. Teve coragem de enfrentar as ditaduras, do Estado Novo de Getúlio Vargas (1937-1945) e do regime militar (1964-1985). Mesmo sendo católico fervoroso, foi defensor dos comunistas Luiz Carlos Prestes e Harry Berger perante o Tribunal de Segurança Nacional, em 1937, assim como de mais de trezentos, dos quais nunca recebeu um tostão, como Miguel Arraes, Mauro Borges, Francisco Julião, João Pinheiro Neto, e Anita Leocádia Prestes.
Por suas posições anticomunistas, chegou a apoiar o golpe de 1964, mas logo mudou de ideia. Tanto que, no dia seguinte ao anúncio do AI-5, então com 75 anos, foi preso.
Na década de 1980, participou das Diretas Já. Em 1983, integrou o histórico Comício da Candelária. Faleceu no Rio de Janeiro, aos 98 anos, em 1991. Ave, 
Sobral Pinto! Parabéns aos que honram o seu legado.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *