Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Curiosidades da Justiça do Trabalho

 Aniversário da 11ª VTB
A 11ª Vara do Trabalho de Belém comemorou 21 anos de instalação no último dia 17. Criada pela Lei Nº 8.432/1992, foi instalada em 10 de dezembro de 1993 e tem jurisdição nos municípios de Belém, Cachoeira do Arari, Ponta de Pedras, Santa Cruz do Arari, Salvaterra e Soure. A titular é a juíza do Georgia Lima Pitman e nela atua também a juíza substituta Elinay Almeida Ferreira de Melo, desde 2011. As servidoras Dilma Leite, Ester Barros e Aída Brito, que trabalham lá desde sempre, destacam a harmonia que existe na Vara, que consideram seu “segundo lar”. Na comemoração, além dos servidores e magistrados atuantes na 11ª VTB, estiveram presentes também a servidora aposentada Maria Lúcia Cordovil Pinheiro e o ex-estagiário voluntário Valdenor Edinaldo Monteiro Brito Junior, filho da servidora Aída, que já está formado e agora advoga na Justiça do Trabalho.
Juiz Antonio Oldemar Coêlho
Já a 14ª Vara do Trabalho de Belém completou 20 anos de funcionamento. Criada pela Lei nº 8.432 de 11/06/1992 e instalada em 05 de dezembro de 1994, tem jurisdição também em Cachoeira do Arari, Ponta de Pedras, Santa Cruz do Arari, Salvaterra e Soure, assim como as demais Varas da capital. O titular é o juiz Antonio Oldemar Coêlho dos Santos, há 14 anos.
Na Vara há servidores que acompanham sua história desde o início, como a técnica judiciária Eneida Oliveira e o calculista Pedro Costa, e todos se consideram uma família. Entre os processos interessantes e polêmicos mais lembrados figuram o caso “do sindicato contra a Liberal, que levou 38 volumes” e  outro “dos elevadores do SUS, que levou cerca de dois anos apenas na fase de instrução, de conhecimento”, e ainda o dos radialistas contra a Funtelpa, com mais de 400 reclamantes, muito trabalhoso. “Outro caso interessante foi um contra o Banco do Brasil, um processo turbulento que infelizmente terminou de forma trágica, com a morte do reclamante”, lembram os funcionários. 
Juíza Vanilza Malcher na sala de audiências
E o clima natalino invadiu a 2ª Vara do Trabalho de Belém. Vencedora por dois anos consecutivos do Concurso Faça Bonito neste Natal, em 2012 e 2013, este ano a Vara foi decorada com o tema “2ª Vara do Trabalho em Neve” e chamou a atenção dos jurisdicionados e advogados, que não resistiam e pediam para tirar fotos.  É que até o Papai Noel acompanhava as audiências, sentado ao lado da magistrada, e interagia com as partes, tentando ajudar na conciliação. Com o clima natalino as animosidades tendem a diminuir, fica tudo mais tranquilo, as pessoas tendem a refletir mais e a conciliação é sempre o melhor caminho, onde todo mundo ganha, acredita Yanã Bentes, ex-estagiário da 2ª VT, que faz o papel do “bom velhinho” pelo terceiro ano seguido, e adora, porque a Justiça do Trabalho sempre recebe crianças que acompanham os pais e ficam encantadas com o Papai Noel. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *