A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

A culpa é da imprensa

Na quarta-feira, o presidente do TCM, conselheiro Zeca Araujo, foi  recebido no gabinete da presidência da Câmara.  As repórteres setorizadas de O Liberal e do Diário do Pará, sabendo que na pauta de ontem do TCM, coincidentemente, figurava o julgamento do 13º para os vereadores de Belém, deram destaque para o assunto em suas respectivas matérias, inclusive ouvindo vários vereadores sobre o assunto.  Na matéria do Diário, inclusive, José Scaff (PMDB), diz candidamente que, como qualquer trabalhador brasileiro, merece ter 13º.
Ontem, como já virou costume na Casa, vereadores foram à tribuna para desancar a imprensa. Vejam as pérolas:
O vereador Nadir Neves disse que, mais uma vez, a imprensa que cobre a Câmara mentiu porque o motivo da visita do presidente do TCM não era o 13º dos vereadores.  Ele acha que é melhor que jornalistas de fora não participem mais dessas reuniões (visitas à Câmara) e que tais encontros devem ser cobertos só pelos assessores de imprensa da Câmara, que farão a notícia e mandarão para os outros.
Aí Raul Batista, vereador e  pastor da igreja Universal, foi à tribuna para terminar o serviço. Disse que matérias como as sobre o 13º eram uma vergonha para a imprensa. Que a imprensa é tendenciosa e agindo assim se coloca contra o Legislativo. Que jornalistas são irresponsáveis no que falam e comentam e que os repórteres que cobrem a Casa têm que aprender a se posicionar para não falar mentiras.
Os protestos se completaram com o presidente Raimundo Castro, negando que o presidente do TCM fora à Casa tratar do 13º dos vereadores e sim exclusivamente para anunciar cursos de capacitação para assessores, servidores e até para vereadores. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *