A juíza Sara Augusta Pereira de Oliveira Medeiros, titular da 3ª Vara Cível, Infância e Juventude, Órfãos, Interditos e Ausentes de Castanhal (PA) exarou uma sentença emblemática, em plena Semana da Pessoa com Deficiência: obrigou a Escola Professor Antônio Leite…

Observando que é irracional o deslocamento de grande quantidade de pacientes em busca de tratamento, o Ministério Público do Pará ajuizou Ação Civil Pública contra o Estado do Pará e o Município de Marabá, para a criação de Unidade de…

O governador Helder Barbalho sanciona hoje à noite, em cerimônia no auditório do Centur, o 'Vale Gás' e o 'Água Pará', destinados a famílias de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade social. Ambos serão gerenciados e fiscalizados pela Secretaria…

Ciclistas liderados pelo grupo Pedal Mulher Nota 100, com apoio de alunos e voluntários da Universidade Federal do Pará e da Academia Paraense de Jornalismo, realizarão uma performance, nesta quinta-feira (23), das 8h às 10h, a fim de chamar a…

Criada comarca de Vitória do Xingu

A Comissão de Constituição e Justiça da Alepa,
presidida pelo deputado Raimundo Santos(PEN), e a Comissão de Fiscalização
Financeira e Orçamentária, presidida pela deputada Ana Cunha(PSDB), aprovaram
hoje, à unanimidade, o projeto de lei nº 108/2013, oriundo do TJE-PA, que
institui a gratificação pela acumulação de cargos e por auxílio em unidades judiciárias. O relator é o deputado Martinho Carmona(PMDB). Participaram das reuniões, após a
sessão ordinária, o presidente da Casa, deputado Márcio Miranda(DEM),
e o presidente da Associação dos Magistrados do Pará, juiz Heyder Tavares Ferreira,
que agradeceu os votos e em nome de seus pares assumiu o compromisso de melhor
prestação jurisdicional. Em plenário, foram aprovadas a criação da comarca de Vitória do Xingu e a elevação de Tailândia a segunda entrância.

A CCJ aprovou também projeto do deputado Fernando
Coimbra(PSD) dispondo sobre a implantação da política de incentivo ao
agronegócio no Pará. A relatora foi a deputada Bernadete ten Caten(PT), tendo
prevalecido voto em separado com emenda supressiva do deputado Raimundo Santos.
Foi aprovado, ainda, o parecer favorável da deputada Cilene Couto(PSDB),
relatora do projeto do deputado Martinho Carmona dispondo sobre afixação de
cartazes nos cartórios sobre gratuidade de emolumentos pelo registro civil, assento
de óbito e certidões. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *