Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

Em 17 de dezembro de 1999, a Assembleia Geral das Nações Unidas designou o 25 de novembro Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher. Passados 22 anos, os dados do 14° Anuário Brasileiro de Segurança Pública são aterrorizantes: por…

CPIs em alta tensão

Uma Moção pela
unificação das CPIs com foco no Detran-PA foi entregue hoje à Mesa Diretora da
Alepa, capitaneada pelo 1º vice-líder do PT, deputado Edilson Moura, que entende
ser redundante instaurar duas Comissões Parlamentares de Inquérito para investigar
o mesmo órgão. 

No manifesto, a bancada petista destaca a possibilidade da instauração de
quatro CPIs simultaneamente. Além das duas do Detran, há as destinadas a
investigar denúncias de irregularidades na Federação Paraense de Futebol e na Celpa.
Alerta que três serão compostas por sete membros e seus suplentes e uma por
cinco membros, também com suplentes. Dessa forma, 26 deputados serão membros titulares
e os restantes suplentes. Ou seja, de uma forma ou de outra, todos estarão
envolvidos com uma CPI, o que para Edilson Moura afronta o senso da
razoabilidade e expõe a credibilidade do Poder Legislativo.

O deputado Edmilson Rodrigues (PSOL) jogou
mais lenha na fogueira
e pediu a inclusão das denúncias de irregularidades
em relação à SCE Médicos S/S Ltda., que presta serviços de exame médico e
psicotécnico ao Detran-PA. O contrato milionário já rendeu R$ 76 milhões à
Climept, desde 2010, segundo o Portal Transparência, após ter sofrer sete
aditamentos, o que extrapola os limites legais.
Amanhã,
a partir das 9h, ficou de ser instalada a CPI do Detran.
Uma coisa é certa. Se as denúncias, de lado a lado,
eram só para ficar nos arreganhos,
acabaram indo longe demais. Agora o caso todo já está sendo apurado pela Promotoria
de Justiça de Direitos Constitucionais e Fundamentais do MPE-PA, tendo à frente
o promotor Nelson Medrado. E não vai ter como acabar em pizza. O que, às vésperas
de eleições, é um tiro no pé. Ou em algum ponto fatal.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *