Hoje, dia 23 de julho de 2021 às 19h, o Instituto Histórico e Geográfico do Pará realizada a nona “Live em Memória” da programação alusiva aos 121 anos do Silogeu, desta vez em homenagem ao centenário de nascimento do Almirante…

A igreja de São Francisco de Assis em Belém do Pará, carinhosamente chamada pelos fiéis de "Capuchinhos", completará cem anos de sua inauguração em 02 de outubro de 2022. A abertura oficial das festividades será com um concerto na igreja…

O trânsito continua matando mais do que muitas guerras. A administradora Gina Barbosa Calzavara, coordenadora dos bosquinhos da Universidade Federal do Pará, fez uma emocionante homenagem à memória do jovem Jean Serique Lameira, esportista do ciclismo e que também usava…

O Laboratório de Engenharia Biológica do Parque de Ciência e Tecnologia - PCT Guamá está estudando o sequenciamento genético do açaí, de modo a assegurar a rastreabilidade de ponta a ponta na cadeia produtiva e padrões de qualidade para os…

Coro Carlos Gomes faz concertos sacros

Cumprindo uma tradição que já dura 18 anos, o Coro Carlos Gomes, da Fundação Carlos Gomes, faz hoje às 20h, na igreja de Santo Alexandre, em Belém, Concerto Sacro. No próximo dia 19 o espetáculo será reapresentado na igreja de Nossa Senhora de Aparecida, também às 20h. Aproveitem que é tudo gratuito.

No elenco, as sopranos Clíssia Édera, Ione Carvalho, Regiane Freire, Simienny Susann, Marianne Lima e Priscila Cunha, contraltos Denise Santos, Emanuele Monteiro, Rita Cavalcante, Rita Piedade, Sasha Fergusson e Silvio Rodrigues; tenores Édson Ferreira, Flávio Silva, Marcos André,  Rodolfo Santana e Otávio Felipe;  Baixos Amílcar Gomes, Clécio Danilo, Eliabe Faro, Dion Santos, Jessé Pinon e Davi Marques. A regência é da maestrina cubana Maria Antonia Jimenez, que há décadas adotou o Pará.

O Coro Carlos Gomes foi formado em abril 1995 pela maestrina Maria Antonia Jimenez. Seus integrantes são alunos, ex-alunos, formandos e professores do Conservatório Carlos Gomes.
Desde sua constituição até hoje, participa ativamente dos mais importantes eventos musicais no Pará, no Brasil e no exterior. Com seis performances premiadas em concursos internacionais, em 2008 ganhou medalha de ouro e de prata nas Olimpíadas Mundiais de Coros em Graz, na Áustria (mais de 400 coros de 92 países participantes); em Roma – Camerino, Itália, em 2002, ganhou medalha de ouro no concurso Orlando Di Lasso. Recebeu, ainda, medalha de bronze no festival de música sacra em Atenas e Preveza, na Grécia, em 2006. Em maio de 2010, fez concerto no Palácio do Itamaraty em Brasília no projeto mesa redonda, encontro entre Brasil e Rússia, e em novembro de 2010, participou do 27° festival e concurso Franz Schubert em Viena, na Áustria, sendo premiado com medalha de ouro na categoria coro de câmera com peça de confronto e medalha de prata na categoria de música sacra. 

O repertório do Coro é eclético, abrangendo todos os estilos da música coral erudita tanto à capela quanto sinfônico coral e interpretando também música popular, folclórica e contemporânea. Prepara-se para lançar seu 3° CD solo, “Cantares”. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *