A empresa de ônibus Belém-Rio, que faz a linha para o distrito de Outeiro – Ilha de Caratateua, em Belém, aparentemente está falida e reduziu pela metade a sua frota, causando enorme sofrimento aos usuários do transporte coletivo. O serviço,…

A Cosanpa abriu nada menos que seiscentos buracos imensos nos bairros mais movimentados de Belém, infernizando a vida de todo mundo com engarrafamentos e causando graves riscos de acidentes, principalmente porque chove sempre, e quando as ruas alagam os buracos…

O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

Conciliação no TJE é esperança de fim da greve

A Desembargadora Maria do Céu Coutinho, do TJE-PA, concedeu liminar proibindo a ocupação de prédios públicos. Entretanto, a decisão não se aplica à Alepa, que permanece ocupada pelos professores. Isto porque nenhum deputado quer expulsar os grevistas – o presidente da Casa, deputado Márcio Miranda(DEM), disse ontem na reunião com os líderes do Sintepp que eles podem ficar sem problemas – e a Constituição proíbe a interferência dos Poderes Judiciário e Executivo no Legislativo. Logo mais, às 15h, haverá assembleia geral dos grevistas, no hall da Alepa. Hoje, a Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária reuniu para avaliar a proposta de inclusão no PPA e na LOA dos recursos necessários ao pagamento do retroativo devido aos professores, um dos itens da pauta de reivindicações.
 
Todos os elevadores do prédio foram desligados, por orientação do Corpo de Bombeiros, e o expediente encerrou mais cedo hoje, tanto na sessão plenária quanto nos setores administrativos. No hall, foi servido o almoço. Tudo de forma ordeira. Não há registro de qualquer conflito. A segurança da Casa é orientada para tratar com educação e respeito os manifestantes. A tropa da Rotam da PM vigia no outro lado da rua.
 
O governador Simão Jatene se recusa a conversar diretamente com os professores, em greve há 44 dias. Nesta sexta-feira, 8, haverá audiência de conciliação presidida pelo Desembargador Ricardo Nunes, magistrado experiente e articulador. É a oportunidade para uma distensão. Espera-se que o governo envie interlocutores hábeis.  Essa greve penaliza toda a sociedade. É preciso chegar a um denominador comum.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *