Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Comissão Estadual da Verdade será instalada


Na próxima segunda-feira (1º), às 18h, em cerimônia no Espaço São José Liberto, em Belém, será instalada oficialmente a Comissão Estadual da Verdade, que vai investigar casos de tortura, mortes e desaparecimentos durante o regime militar.
Integrada por representantes das Secretarias de Estado de Justiça e Direitos Humanos e de Segurança Pública e Defesa Social, Arquivo Público Estadual, Comissão de Direitos Humanos da Alepa, OAB-PA, Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos, Comitê Paraense pela Verdade, Memória e Justiça, Conselho Regional de Psicologia e Sindicato dos Jornalistas do Pará
, a Comissão terá dois anos, prorrogáveis até a extinção da Comissão Nacional da Verdade, para apresentar um relatório com as conclusões dos trabalhos. 

A Comissão Estadual segue a política da Comissão Nacional da Verdade, criada pela Lei 12.528/2011 e instalada em maio de 2012 com o objetivo de apurar violações aos direitos humanos ocorridas no período entre 1964 e 1985. No caso do Pará, que sediou a Guerrilha do Araguaia, ainda há muitas indagações, principalmente sobre os mortos e desparecidos. É preciso recolher documentos e ouvir pessoas, de modo a resgatar a memória para as futuras gerações.  

Na terça-feira, 2, a Comissão Estadual da Verdade realizará um seminário sobre as questões da ditadura militar na Amazônia, no auditório do Hangar, das 8h às 14h. Todos estão convidados.

Confiram aí em cima os nomes dos membros da Comissão.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *