Governador do Pará e presidente do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal, Helder Barbalho está com agenda intensa em Brasília, e em reunião com Lula nesta sexta-feira (27) apresentou documento proposto pelo CAL. Para o desenvolvimento regional do bioma amazônico,…

O Papa Francisco nomeou o atual bispo da prelazia de Marajó (PA), Dom Evaristo Pascoal Spengler, bispo de Roraima (RR), que estava sem titular há um ano, desde a transferência de Dom Mário Antônio da Silva para a arquidiocese de…

Utilizar o futebol como ferramenta de transformação social para crianças e adolescentes de todo o Pará é o objetivo do projeto "Futebol Formando Cidadão", que será lançado neste domingo (29) no oeste paraense. A iniciativa é do Tapajós Futebol Clube,…

No próximo sábado, 28, é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Esta semana, foram divulgados dados da Secretaria de Inspeção do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referente a 2022, quando foram resgatados 2.575 trabalhadores em condições análogas…

Cenas de pugilato na Câmara de Salinópolis

No mais badalado point turístico do Pará, que ombreia com Alter do Chão em fama e beleza, o cenário político está ao gosto do serpentário. Ontem, o ex-prefeito de Salinópolis, Paulo Henrique Gomes, adentrou na Câmara Municipal acertando um soco no vereador Eron Carvalho, presidente da Câmara, que conversava com o pai de PH, o também ex-prefeito Di Gomes. Houve grande tumulto, até porque o recinto estava lotado de pessoas que tinham ido lá participar de uma audiência pública para discutir o pagamento dos precatórios da área de educação, relativos ao ano de 2016.

Detalhe: o prefeito da cidade, Kaká Sena, que foi guindado ao mandato pelo ex, agora é seu maior desafeto. Ele gravou um vídeo, ao lado de Eron Carvalho, responsabilizando o antecessor. A confusão generalizada acabou na Delegacia de Polícia, onde foi registrado Boletim de Ocorrência. Paulo Henrique é irmão da deputada Paula Gomes e marido de Kamile Gomes, prefeita de São João de Pirabas, município vizinho.

Já o promotor de justiça eleitoral de Salinópolis, Rodolfo Ramos de Andrade, requereu a cassação do mandato do atual prefeito Carlos Alberto de Sena Filho, o Kaká Sena (PL), e da vice, Denise Monteiro, além da inelegibilidade do ex-prefeito, Paulo Henrique da Silva Gomes. Assistam aos vídeos.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *