A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Carnaval 2022 não é boa ideia

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra a Covid–19 a situação está tranquila mas observou que, se for necessário, pode tornar sem efeito a decisão. “Reconhecemos a importância do carnaval, sua expressão da arte popular, resistência e por Belém ter um contingente enorme de trabalhadores do mercado informal criando renda por meio dele. Estou muito determinado em fazer o carnaval”, justificou.

Edmilson Rodrigues é muito sensível aos apelos dos trabalhadores envolvidos no carnaval, que de fato precisam de renda para o sustento de suas famílias. É uma situação difícil, mas o bom senso manda que não seja permitido o carnaval, nem shows e festas que promovam aglomeração. Todos sabem muito bem o que aconteceu depois da quadra momesca no ano passado e este ano não será diferente. A quarta onda da Covid, com suas variantes extremamente perigosas que não são cobertas pelas vacinas atuais, estão causando novo fechamento nos países europeus. Em Portugal, onde 87,78% da população já está vacinada e não morria mais ninguém de Covid no país inteiro, medidas severas estão sendo tomadas.

O prefeito de Itaituba cancelou shows e festas alusivas ao aniversário de 165 anos de fundação da cidade, no próximo dia 15 de dezembro. O município registra altos índices de contaminação por Covid-19 diariamente. Todos os eventos, festas de réveillon e carnaval 2022 estão cancelados. Nas festas particulares, todo mundo vai ter que apresentar a carteirinha de vacinação. O prefeito de Santarém também cancelou as festas de fim de ano, para evitar aglomerações, e dez escolas já fecharam por conta do alto índice de contaminação. Foram mais de vinte mortos por Covid-19 só neste mês de novembro, e desde o início da pandemia 1.132 vidas foram perdidas no município. Em Marabá a situação é grave, todos os leitos de UTI estão ocupados com pacientes de Covid-19.

Até esta quinta-feira, 16.879 pessoas já morreram no Pará. Apesar disso, todos os hospitais de campanha do Estado já foram desativados, nenhum foi construído, até o site da Sespa específico sobre Covid, que deveria monitorar a doença e manter a população informada, está sem dados novos desde janeiro deste ano. Se houver recrudescimento da pandemia vai ser pior do que em 2020. Por sinal, a Prefeitura de Belém decretou estado de calamidade pública até março de 2022. Com os hospitais regionais do interior lotados e sem dispor dos equipamentos necessários, a capital é para onde são feitos todos os deslocamentos de pacientes.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *