Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Candidatos de Marituba assinam compromisso

Os candidatos a prefeito de Marituba, Admilson Mendes Amaral Júnior, Antonio Armando Amaral de Castro Júnior, Ednaldo Sérgio Bastos, Francisco Alcides Goulart da Cruz, José Pires de Araújo e Mário Henrique de Lima Bíscaro, firmaram o Pacto pela Infância e Juventude perante o Ministério Público do Estado do Pará. O Termo de Compromisso garante, qualquer que seja o eleito, políticas em favor da criança e do adolescente, e foi assinado junto aos promotores de Justiça da Infância e Juventude Léa Cristina Mouzinho da Rocha e Paulo Ricardo de Souza Bezerra. 

Os compromissos assumidos incluem um diagnóstico da situação da infância e da juventude, com a participação do Conselho Municipal de Direitos da Criança e Adolescente, Conselhos Tutelares e a sociedade, mapeando os serviços prestados pelo Cras, Creas e espaços de acolhimento, além do atendimento à saúde e à educação do público infantojuvenil; também garantem condições efetivas para elaboração, controle e execução da Política Municipal de Atendimento aos direitos de crianças e adolescentes. 

O candidato eleito deve assegurar recursos no orçamento municipal para as políticas públicas voltadas à infância e adolescência, além de garantir o efetivo funcionamento dos Conselhos de Direitos e Tutelares, bem como a formação continuada dos conselheiros, e, ainda, a regulamentação e destinação de recursos para o Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente (definindo percentual mínimo). 

Leiam aqui os demais compromissos assumidos pelos candidatos.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *