Em sentença publicada hoje no Diário da Justiça do Pará, a juíza Blenda Nery Rigon Cardoso, titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Belém, em substituição ao juízo da 9ª Vara Criminal, absolveu sumariamente a jornalista Franssinete Florenzano, editora…

Em pleno Dia Internacional dos Museus, foi inaugurada a exposição Sentinela do Norte: A Independência do Brasil no Grão-Pará, realizada pelo Instituto Histórico e Geográfico do Pará em parceria com a Cátedra João Lúcio de Azevedo, o Instituto Camões e…

O Complexo Turístico do Ver-o-Rio foi o cenário da celebração do projeto de lei de autoria da vereadora Lívia Duarte, presidente municipal do Psol, que criou o Estatuto de Igualdade Racial de Belém. O prefeito Edmilson Rodrigues, vereadores e representações…

As pessoas andam com os nervos à flor da pele e à beira de um ataque de nervos. Muitas tragédias têm sido causadas pela falta de temperança, paciência e serenidade, principalmente no trânsito. Pior é quando o causador é agente…

Candidato do PRTB esclarece

A propósito do post Candidatos ao governo do Pará pelo PCB e PRTB indeferidos pelo TRE-PA, recebi os seguintes esclarecimentos, via caixinha de comentários do blog, e faço o devido destaque:

“Prezada Franssinete,

No último fim de semana o meu nome foi deferido para concorrer às eleições de outubro próximo, ao cargo de governador do estado. Com parecer favorável do Ministério Público Eleitoral, a Justiça Eleitoral deferiu o nosso nome, após constatar o cumprimento de todas as exigências legais. Entretanto, a nossa chapa foi indeferida porque o nosso candidato a vice, Major Vasconcelos, ao juntar uma certidão ao processo, atendendo (48 horas antes do prazo) a diligência da Justiça Eleitoral, o fez na forma impressa apenas e não digitalizada, conforme determina a Resolução do TSE, embora a intimação da Seção Judiciária da Justiça Eleitoral sequer mencionasse tal exigência. Um preciosismo extraordinário, em nossa opinião. 

Embora tivéssemos prazo para substituir o candidato a vice e sanar imediatamente a questão, já que meu nome fora deferido, o PRTB decidiu mantê-lo e aguardar o recurso impetrado contra a decisão. Eu pessoalmente participei e apoiei a decisão de manter o Major Vasconcelos como nosso candidato a vice governador. 

A candidatura a vice do Major Vasconcelos é muito importante pra nós. Ele é oficial da ativa da Polícia Militar do Pará, com mais de 20 anos de corporação. A sua presença em nossa chapa demonstra, dentre outras coisas, a relevância que damos ao tema da segurança pública. 

Seguiremos com a candidatura enquanto aguardamos, com esperança, a decisão do TSE. 
Elton Braga 
PRTB Pará”

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *