Um pastor de igreja evangélica localizada no município de Breves, no arquipélago do Marajó, foi condenado a 39 anos de prisão por estupro de vulnerável, exploração sexual e por possuir e armazenar pornografia infantil, com o agravante de que ele…

Acionado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Ministério Público Federal recomendou ao prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, medidas efetivas para que os responsáveis pelo edifício conhecido como Bloco B da Assembleia Paraense assegurem a manutenção emergencial do…

Na quarta-feira passada (22), operários e servidores ligados à execução da reforma e readequação do Palácio Cabanagem almoçaram com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Chicão, que preferiu essa forma de reunião para agradecer pelo compromisso com o trabalho e…

Nunca reclamem de barreiras de fiscalização no trânsito. Graças aos agentes do Detran-PA um homem vítima de sequestro foi resgatado ileso ontem à noite, por volta das 23h, na rodovia BR-316. Conforme relato do coordenador de Operações do Detran-PA, Ivan…

Calamidade na saúde em Tucuruí

A saúde da população de Tucuruí é calamitosa. Além da desativação do Hospital Municipal, a situação de abandono com ruas esburacadas e empoeiradas, sem água há meses nas torneiras, causando epidemia de viroses, gripe e problemas respiratórios, agora foram flagrados medicamentos vencidos no posto de Saúde da Família de Nova Conquista, bairro populoso e carente.
A moradora Cristina da Conceição Furtado, 34 anos, denunciou que vinha recebendo no posto anticoncepcional e, ao sentir dores no abdome e na cabeça, verificou que estava vencido havia 3 meses.  Ao questionar no Posto, foi informada de que as dores eram normais e que o anticoncepcional teria mais três meses de validade após seu vencimento.
Será que estão querendo acabar com a pobreza exterminando os pobres? 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *