A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Brasil na mira da OEA e da ONU

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos) tenciona abrir uma investigação contra o Brasil a fim de apurar a possível negligência das autoridades brasileiras no combate à pedofilia, abusos e exploração sexual de vulneráveis. O país é um dos líderes globais nesse ranking da barbárie: a cada hora, são registrados 2,2 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes. E o número não para de crescer.

Dependendo do resultado, a OEA poderá impor sanções ao Brasil, com  afastamento de brasileiros de suas comissões e até mesmo suspensão do direito a voto em decisões colegiadas. No ano passado, o conselheiro da ONU Baskut Tuncak recomendou investigação internacional contra o Brasil. Em seu relatório, alertou que o país “está em um estado de profunda regressão dos princípios, leis e padrões de direitos humanos, em violação ao direito internacional.

Para completar, o senador Renan Calheiros quer ir a Haia, na Holanda, entregar pessoalmente o relatório final da CPI da Covid ao Tribunal Penal Internacional. E pedir denúncia contra o presidente Jair Bolsonaro por crime contra a humanidade.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *