Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Aprovado à unanimidade pela Assembleia Legislativa, o projeto de lei nº 245/2021, de autoria do Poder Executivo, dispondo sobre a denominação do Arquivo Público do Estado do Pará, em homenagem ao jurista e professor paraense Zeno Augusto de Bastos Veloso,…

Blue Monday e recitais em Belém

Nesta sexta, estreiam no XIII Festival de Ópera do Theatro da Paz “Blue Monday” e “Um Americano em Paris”, do compositor norte-americano George Gershwin. Ópera curta e leve, apesar de se tratar de uma tragédia de amor, “Blue Monday” traz elementos do jazz e do blues e mergulha no universo da cultura negra.
O elenco, aliás, é integrado apenas por afrodescendentes, 
cuidado do diretor Glaucivan Gurgel de modo a criar uma atmosfera fiel aos bares suburbanos do Harlem da Nova York dos anos 20: os tenores Tiago Costa e Jean William, a soprano Marly Montoni, o barítono David Marcondes, o baixo Raimundo Nascimento (está com pneumonia, não foi liberado pelo médico e será substituído por Idaías Souto Jr.) e o barítono Andrey MiraA Orquestra Jovem Vale Música será regida pelo maestro titular, Miguel Campos Neto. A concepção cenográfica é de Lília Chaves e Maria Sylvia Nunes. Os figurinos são assinados por Hélio Alvarez, iluminação de Rubens Almeida e visagismo de André Ramos. A direção geral e artística é de Gilberto Chaves e direção artística de Mauro Wrona. A cantora lírica Gabriella Florenzano, que está em Belém e assistiu ao ensaio, anteontem à noite, garante que a escolha foi acertada e estão todos estupendos.

No domingo, 24, o tenor Atalla Ayan faz recital no Theatro da Paz acompanhado pela pianista Marília Caputo. Parauara festejado na Europa e EUA, Atalla Ayan também se apresenta no dia 7 de setembro, na Igreja de Santo Alexandre, com a pianista Adriana Azulay, sempre às 20h. Os ingressos custam R$ 20 (com direito a meia-entrada).

A programação oferece, no dia 4 de setembro, um recital em homenagem aos 150 anos nascimento de Richard Strauss, com a soprano argentina Rosana Schiavi, na Igreja de Santo Alexandre. A ópera “Otello”, de Giuseppe Verdi, terá récitas nos dias 20, 22 e 24.  Os ingressos para os espetáculos de setembro começam a ser vendidos no dia 1º. O encerramento, com um concerto ao ar livre, será no dia 27 de setembro, com participação de Gabriella Florenzano.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *