Evellyn Vitória Souza Freitas nasceu no chão do banheiro do Hospital Municipal de Portel, município do arquipélago do Marajó (PA), no dia 28 de julho de 2021, por volta das 8h da manhã, prematura de 28 semanas e dois dias, pesando 1Kg e 39…

Vanete Oliveira, a jovem marajoara de 28 anos e mãe de cinco filhos que sofre há catorze anos com um tumor enorme em um dos olhos, que lhe cobre quase a metade da face, já está internada no Hospital Ophir…

Equipes da Divisão de Homicídios e da Delegacia de Repressão de Furtos e Roubos estavam monitorando há um mês o grupo criminoso que planejava roubar em torno de R$ 1 milhão no caixa eletrônico do Banpará localizado dentro do Hospital…

Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

Alepa promove 17º Círio de Nazaré

O brasão da Assembleia Legislativa do Pará ladeado por estrelas e rosas nas cores dourada, rosa e lilás ornamentam o manto da imagem de Nossa Senhora de Nazaré, doado pelo deputado Edmilson Rodrigues (PSOL), no 17º Círio realizado pela Casa. A imagem, do acervo da Alepa, recebeu o manto em breve solenidade realizada hoje de manhã pelos servidores no hall da sede do Poder, minutos antes de seguir em procissão até a Catedral Metropolitana de Belém, em meio a foguetório, na Praça Dom Pedro II. O andor com a imagem foi conduzido em trasladação pelas ruas do bairro da Cidade Velha à Igreja da Sé, onde permanecerá até amanhã, quando retorna à Assembleia, às 7:30h. Três horas depois, a imagem peregrina da santa chegará para a realização da sessão solene em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré. 

O manto, confeccionado pelo artista Maurício de Souza, apresenta o brasão da Alepa em homenagem aos 190 anos do Legislativo parauara. Foram utilizados cetim italiano de cor pérola, 6 mil paetês nacarados, 6 mil miçangas, 2 mil canutilhos e 8 mil pérolas, formando figuras de estrelas e rosas, com aplicações rebordadas em estilo barroco, alusão ao centro histórico de Belém. As estrelas nas cores rosa e lilás, que compõem a parte da frente, fazem referência ao brilho maior da festa dos paraenses, que é a fé do povo, explica o artista.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *