O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, anunciou na tarde desta segunda-feira, 8, que os recursos para a revitalização e requalificação do complexo do Mercado São Brás, na ordem de R$50 milhões, já estão garantidos pela Caixa Econômica Federal. Durante visita…

A orla da cidade concentrou o maior público de todos os tempos. Cerca de dez mil pessoas esperaram, ansiosas, o espetáculo emocionante e grandioso que incluiu barcos grandes e balsas, mas também canoeiros, as tradicionais e belíssimas barquinhas, confeccionadas com…

Área contígua ao centro histórico de Belém do Pará, Zona Especial do Patrimônio Histórico declarada por lei, o bairro do Reduto, cenário industrial da belle Époque, da Doca do Reduto no início do século XX, com suas canoas coloridas repletas…

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça fixou, sob o rito dos recursos repetitivos, a tese de que o servidor federal inativo, independentemente de prévio requerimento administrativo, tem direito à conversão em dinheiro da licença-prêmio não usufruída durante a…

Alepa aprova criação da Escola Superior de Advocacia Pública

O projeto de lei complementar, aprovado por 29 votos e uma abstenção, altera a Lei Complementar Estadual n.º 41/2002, que modifica a organização da Procuradoria Geral do Estado do Pará, definindo novas competências, ajustes estruturais e de redação. A intenção é de que a ESAP funcione como centro de excelência voltado à capacitação e treinamento de servidores públicos nas diversas matérias jurídicas, inclusive na condição de Instituição de Ensino Superior, assim que certificada perante o Conselho Estadual de Educação.

A lei orgânica da PGE já vem sendo alterada desde 2019 no sentido de mudar algumas das atribuições do Centro de Estudos, como por exemplo a competência para promover cursos e eventos acadêmicos, bem como garantir meios de ofertar curso de pós-graduação lato sensu. A ESAP terá como público preferencial os agentes públicos da Administração Direta e Indireta do Estado do Pará, bem como membros da advocacia pública dos municípios e a própria comunidade acadêmica, visando à produção e à divulgação de conhecimento jurídico, por meio do ensino, pesquisa e extensão.

A atividade de docência será eventualmente realizada por procuradores do Estado ou professores da comunidade acadêmica que atendam aos requisitos instituídos. A ESAP poderá, ainda, conceder bolsas de estudo. O presidente da Alepa, deputado Chicão, destacou o investimento que está sendo feito para qualificação dos servidores públicos, dando oportunidade de crescimento pessoal e profissional. Ele enviará ainda esta semana o projeto em redação final para a sanção do governador Helder Barbalho.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *