Nesta terça-feira (29) a presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Pará, desembargadora Luzia Nadja Guimarães Nascimento, inaugura a sala da Ouvidoria da Mulher, espaço para sugestões, reclamações e denúncias relativas à violência contra à mulher, direitos políticos e à igualdade…

A praça do Mascate, na esquina da Av. Visconde de Souza Franco (Doca) com a Trav. Antônio Barreto, no bairro do Reduto, está sendo transformada em Praça Pet, espaço de lazer para os moradores e animais de estimação. O local…

Foi aberto ontem (25) um novo retorno para veículos no Km 08 da BR-316, perto de uma loja de peças de motos no sentido entrada de Belém, e em frente à Escola Raimundo Vera Cruz, no sentido de saída da…

A construção do muro de arrimo e urbanização da orla da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, avança ao longo de 1.200 metros de extensão. Gerenciadas pelo Governo do Pará, via Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, já foram executadas as…

Alepa aprova criação da Escola Superior de Advocacia Pública

O projeto de lei complementar, aprovado por 29 votos e uma abstenção, altera a Lei Complementar Estadual n.º 41/2002, que modifica a organização da Procuradoria Geral do Estado do Pará, definindo novas competências, ajustes estruturais e de redação. A intenção é de que a ESAP funcione como centro de excelência voltado à capacitação e treinamento de servidores públicos nas diversas matérias jurídicas, inclusive na condição de Instituição de Ensino Superior, assim que certificada perante o Conselho Estadual de Educação.

A lei orgânica da PGE já vem sendo alterada desde 2019 no sentido de mudar algumas das atribuições do Centro de Estudos, como por exemplo a competência para promover cursos e eventos acadêmicos, bem como garantir meios de ofertar curso de pós-graduação lato sensu. A ESAP terá como público preferencial os agentes públicos da Administração Direta e Indireta do Estado do Pará, bem como membros da advocacia pública dos municípios e a própria comunidade acadêmica, visando à produção e à divulgação de conhecimento jurídico, por meio do ensino, pesquisa e extensão.

A atividade de docência será eventualmente realizada por procuradores do Estado ou professores da comunidade acadêmica que atendam aos requisitos instituídos. A ESAP poderá, ainda, conceder bolsas de estudo. O presidente da Alepa, deputado Chicão, destacou o investimento que está sendo feito para qualificação dos servidores públicos, dando oportunidade de crescimento pessoal e profissional. Ele enviará ainda esta semana o projeto em redação final para a sanção do governador Helder Barbalho.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *