Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Aprovado à unanimidade pela Assembleia Legislativa, o projeto de lei nº 245/2021, de autoria do Poder Executivo, dispondo sobre a denominação do Arquivo Público do Estado do Pará, em homenagem ao jurista e professor paraense Zeno Augusto de Bastos Veloso,…

Agentes penais sob ataque do crime organizado

Desde o sábado passado o Sistema Penal do Pará está sob ataque pelo crime organizado. Além do “salve geral” disparado de dentro dos presídios de segurança máxima do Pará, houve também um “salve” de Manaus(AM) para atacarem as forças de segurança paraenses. “Salve” é uma gíria das facções criminosas para determinar uma execução ou outra ordem.

A escalada de terror ameaça agentes públicos e também a população de presos. No último dia 10 o agente penitenciário Welinton Cláudio Lima Coimbra foi morto em sua residência, no Icuí-Guajará, em Ananindeua, invadida por dois indivíduos que atiraram nele na frente dos filhos e roubaram sua arma. No dia seguinte, por volta das 19h30, dois homens em uma motocicleta atentaram contra a vida do policial penal Mário Silva dos Santos, em sua residência, na Passagem Diogo Moia, bairro de Fátima, em Belém. A mãe dele avistou os dois de arma em punho vindo em sua direção e o policial, que estava dentro da casa, só está vivo porque ambos foram embora e o 2º BPM e outras guarnições se deslocaram para lá e ele foi retirado dentro de uma viatura da Seap. Ontem, às 11h da manhã, o policial penal Arilton Vander Furtado da Silva estava chegando em casa, no Tapanã, quando foi atingido com quatro tiros, um no braço, outro na perna e dois no tórax, mas foi socorrido com vida e levado ao Hospital Metropolitano. No Bairro Novo, em Marituba, assassinaram à bala o 1° SGT PM Marivaldo Lopes da Silva, lotado no COP (Companhia de Operações Especiais. No Telegrafo, o Sub Tenente da reserva Almir Coelho da Silva estava estacionando o seu veículo perto de sua casa quando dois homens em um veículo preto atiraram nele, que revidou e matou um e o outro foi socorrido por uma ambulância da SAMU para o PSM da 14.

Pelo visto qualquer um será troféu nessa guerra do crime contra o Estado. Ontem, em Portaria, o Secretário de Estado de Administração Penitenciária do Pará, Jarbas Vasconcelos, afirmou que “com braço forte e mão de ferro, o Estado do Pará enfrenta uma guerra declarada oficialmente por parte das principais lideranças do Comando Vermelho por meio de “Salve Geral”; e que considerando que o “Salve Geral” ordena a retomada de ataques e atentados contra a vida dos membros da Seap, a contar de 10/07/2021, mandou suspender todas as visitas programadas aos estabelecimentos penais do Estado, pelo mínimo de trinta dias ou até o retorno da normalidade carcerária com a segurança necessária para prosseguimento das atividades rotineiras. O período de suspensão pode ser prorrogado por igual período, para garantia da segurança nas unidades.

As entrevistas de advogados serão agendadas mediante sistema de agendamento eletrônico, com antecedência mínima de 48 horas, de segunda a sexta-feira, com justificativa no processo, até o horário máximo até às 17h, salvo os casos específicos e urgentes. A Diretoria de Execução Criminal analisará e deliberará quanto à urgência e especificidade de cada pedido de agendamento excepcional, considerando as peculiaridades e o perfil da unidade, devendo estes serem encaminhados ao e-mail dec.agendamento@gmail.com juntamente com comprovante da urgência e excepcionalidade. Os agendamentos de advogados já realizados serão deliberados pela Diretoria de Execução Criminal.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *