O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Acordo para a LOA 2013

A aprovação da LOA 2013 na
reunião da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Alepa foi em
clima de paz & amor. Depois de
aprovados os projetos oriundos do Poder Judiciário, dispondo sobre o subsídio
da magistratura, no que concerne a diferença de percentual entre as entrâncias;
tratando da parcela indenizatória de auxílio moradia; e garantindo aos oficiais
de justiça estáveis por força do art. 19 do Ato das Disposições Constitucionais
Transitórias da Constituição Federal a possibilidade de progressão funcional, foi
aprovado projeto de interesse do Executivo
adequando a Arcon a
normas da Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica, de acordo com
atribuições estabelecidas em convênio de delegação. H
ouve um hiato para o almoço, com a presença
do secretário de Planejamento, Orçamento e Finanças, Sérgio Bacury, e em
seguida foram aprovados os projetos encaminhados pelo governo, do Orçamento e da
revisão do Plano Plurianual.
Pelo discurso da oposição, ficou evidente o
acordo. O deputado Airton Faleiro (PT) reconheceu ter o governo cumprido o que
prometeu à bancada quando da aprovação dos empréstimos de R$2 bilhões, em
termos de emendas para obras não contempladas nos projetos dos financiamentos.
Já o deputado Gabriel Guerreiro, líder do PV, lamentou que Óbidos, município
dos mais antigos do Pará e que está sofrendo terrível estagnação, tenha ficado
excluído, e apelou para que suas emendas fossem acatadas, pelo menos no que
tange à dotação de recursos ao posto de saúde local, diante da enorme carência.
Na hora um gaiato soprou que foi o
deputado Júnior Ferrari(PSD) quem barrou as emendas. Era brincadeira, claro, só
para atiçar.
O presidente da CFFO, deputado Martinho
Carmona(PMDB), prometeu ficar de plantão para possível ajuste no seu relatório,
até amanhã, antes de entrar em votação no plenário. O presidente da Alepa,
deputado Manoel Pioneiro(PSDB), que participou da reunião da Comissão de
Finanças, convocou duas sessões ordinárias e tantas extraordinárias quantas
sejam necessárias para esgotar a pauta, que não deve ter sobressaltos.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *