Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

Batizada de sagui-de-Schneider (Mico schneideri), em homenagem ao pesquisador brasileiro Horácio Schneider (1948-2018), geneticista da Universidade Federal do Pará e pioneiro da filogenética molecular de primatas, a descoberta alvoroçou a comunidade científica internacional. A nova espécie de sagui amazônico do…

Acinte à cidadania

É uma vergonha o quarteirão da Av. Presidente Vargas, entre as ruas Ó de Almeida e Aristides Lobo, do lado oposto aos Correios, uma das áreas principais de Belém do Pará. O prédio do INSS em ruínas serve de moradia aos sem-teto e drogaditos. Ao lado, uma feira imunda e fétida vende “comida”, sem a menor fiscalização dos ditos órgãos encarregados de garantir a vigilância sanitária e a saúde pública, além das barracas ocupando a calçada onde o distinto cidadão que paga impostos não tem vez para caminhar, situação por sua vez ignorada pelos órgãos responsáveis pelo ordenamento urbano. Sem falar que tal cenário obriga os pedestres a transitarem na pista de rolamento, se expondo a risco de morte, mais uma vez sob a omissão dos que deveriam zelar pelas vidas humanas. Cadê o respeito à Constituição e às leis e normas? Por que ninguém faz algo?

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *