A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Abuso e impunidade

Anteontem à tarde, o ambulante José Ribamar de Nascimento e sua companheira Tereza Azevedo de Castro, 55, foram surpreendidos em frente ao Bosque Jardim Botânico Rodrigues Alves por fiscais da Secretaria Municipal de Economia, que apreenderam a mercadoria, agrediram e insultaram o casal. Tereza, hipertensa, teve um ataque cardíaco e morreu logo que chegou ao PSM da 14 de Março.
Através de nota, a Secon esclareceu que “o procedimento padrão das operações é orientar o trabalhador antes da apreensão ser realizada” e que irá “apurar os fatos e abrir um processo administrativo para ver as responsabilidades dos servidores envolvidos na ação”.
A fiscalização da Prefeitura não inclui bater, humilhar e muito menos causar a morte de pessoas. O que aconteceu foi um crime, que precisa ser apurado pela Polícia e Ministério Público Estadual e punido pelo Poder Judiciário. A truculência do rapa é velha conhecida da população.
É certo que as calçadas e vias públicas devem ficar livres para garantir o ir e vir da população. Entretanto, os abusos são frequentes e sempre estimulados pela impunidade.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *