Os dirigentes do Sindicato e da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa festejaram o resultado da reunião de hoje com o presidente da Alepa, deputado Chicão, que também convidou para o encontro o Chefe de Gabinete da Presidência, Reginaldo Marques…

A Administração Superior do Ministério Público do Pará está empenhada em fortalecer a atuação dos promotores de justiça no arquipélago do Marajó, onde a situação de extrema pobreza, agravada pela pandemia, perpetua crimes gravíssimos como os abusos e exploração sexual…

“A Prefeitura de Belém, por meio da Comissão de Defesa Civil de Belém, informa que realizou vistoria técnica no bloco B do imóvel localizado na avenida Presidente Vargas, 762, no dia 11 de fevereiro, às 9h, em conjunto com representantes…

DEM e PSL ainda nem consumaram a fusão, prevista para outubro deste ano, mas a briga já é de foice. O ex-presidente do Senado Davi Alcolumbre e o ex-prefeito de Salvador ACM Neto duelam nos bastidores pelo comando do novo…

A última tentativa de Duciomar Costa

 Quando se pensa que tudo
o que podia ser feito na prefeitura de Belém nesta calamitosa administração já
acabou, eis que nova investida
retumba
no Judiciário, via Ministério Público Estadual.
Desta vez, trata-se de ação cautelar impetrada pelo promotor de justiça Sávio
Brabo de Araújo, que, em liminar concedida pelo juiz Paulo Jussara, impediu o quase
ex-prefeito Duciomar Costa(PTB) de transferir a administração do shopping popular
na rua João Alfredo para a Associação dos Ambulantes ou qualquer outra
entidade. Se tal ocorresse, a manobra engessaria a gestão do prefeito eleito,
Zenaldo Coutinho(PSDB) que, assim, perderia o controle daquele espaço público.
Com a decisão, poderá haver apenas a inauguração do shopping popular, prevista
para hoje.
Leiam a
petição do MPE e a parte final da decisão do magistrado.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *