Embora o Quartel Tiradentes esteja localizado no coração do bairro do Reduto, sediando o 2º BPM e duas Companhias da Polícia Militar do Pará, os meliantes parecem desafiar abertamente os policiais. Os assaltos no bairro continuam muito frequentes, principalmente no…

Douglas da Costa Rodrigues Junior, estudante de Letras - Língua Portuguesa da Universidade Federal do Pará e bolsista do Museu Paraense Emílio Goeldi, ganhou a 18ª edição do Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica na área de Ciências Humanas…

O Ministério Público do Trabalho PA-AP abrirá na segunda-feira inscrições para Estágio de Nível Superior. A seleção será destinada ao preenchimento de vagas e formação do quadro de reserva de estagiários dos cursos de Administração/Gestão Pública, Biblioteconomia, Direito, Jornalismo, Publicidade/Propaganda…

Hoje, dia 23 de julho de 2021 às 19h, o Instituto Histórico e Geográfico do Pará realizada a nona “Live em Memória” da programação alusiva aos 121 anos do Silogeu, desta vez em homenagem ao centenário de nascimento do Almirante…

A resistência armada no Araguaia


A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA), em colaboração com a Faculdade de História da UFPA, promove o Seminário Nacional Ditadura Civil-Militar no Brasil e a Resistência Armada no Araguaia, de 21 a 23 de maio de 2014, em Marabá, do qual participarão os professores e as primeiras turmas de estudantes dos cursos de História dos campi de Marabá e Xinguara. Além da Mesa de abertura e atividades culturais, as conferências e debates terão foco nas mudanças políticas, sociais, econômicas e culturais ocorridas na região Sul e Sudeste do Pará no período de 1964 a 1985, especialmente sobre a violação de direitos humanos, os conflitos agrários, a resistência armada à ditadura e o impacto dos grandes projetos econômicos, os diferentes processos migratórios e os conflitos entre setores do grande capital (agronegócio, mineração, madeireiros) e diferentes grupos sociais (camponeses, indígenas, extrativistas, quilombolas e segmentos diversos de trabalhadores rurais e urbanos), bem como as experiências desses grupos, desdobradas em diferentes estratégias e táticas de enfrentamentos, disputas, combates, alianças e negociações. Temas interessantíssimos.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail historiaunifesspa@gmail.com, até 16 de maio. É preciso informar nome, idade, escolaridade, e-mail, telefone, município e atividade que desenvolve. As inscrições presenciais, na sala 13 do Instituto de Ciências Humanas – Campus I/Unifesspa, Marabá, vão até 20 de maio.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *