Na terça-feira da semana passada (19), quando estava em votação no plenário da Assembleia Legislativa projeto de Indicação de autoria da deputada Professora Nilse Pinheiro transformando o Conselho Estadual de Educação em autarquia, detentora de autonomia deliberativa, financeira e administrativa,…

A desgraça sempre chega a galope, mas tudo o que é bom se arrasta indefinidamente no Brasil, o país dos contrastes e contradições, rico por natureza, com poucos bilionários e povo abaixo da linha da pobreza. Parece inacreditável, mas tramita…

O prefeito de Oriximiná, Delegado Willian Fonseca, foi reconduzido ao cargo pelo juiz titular da Vara Única daComarca local, Wallace Carneiro de Sousa, e literalmente voltou a tomar posse nos braços do povo. Era por volta do meio-dia, hoje (26),…

A equipe multidisciplinar do centro obstétrico da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém (PA), vivenciou uma experiência rara e emocionante: o parto empelicado. Imaginem um bebê nascendo dentro da placenta intacta, com os movimentos visíveis, praticamente ainda…

Zenaldo será diplomado mesmo com a condenação


O prefeito reeleito Zenaldo Coutinho e o seu vice eleito, Orlando Reis Pantoja, já recorreram ao Tribunal Regional Eleitoral da segunda condenação imposta pelo juiz da 97ª Zona Eleitoral de Belém, Antônio Cláudio Von Lohrmann Cruz, que cassou o registro e decretou a inelegibilidade de ambos, por oito anos, por propaganda eleitoral irregular e abuso de poder político e econômico. Em entrevista exclusiva ao blog, o procurador regional eleitoral, Bruno Valente,  do Ministério Público Federal, explicou que a situação eleitoral de Zenaldo continua inalterada, ou seja, com registro cancelado mas sub judice. Essa condição permite que ele e seu vice sejam diplomados em dezembro, já que os recursos têm efeito suspensivo automático, até decisão definitiva.

O juiz singular entendeu como procedente a denúncia da Coligação Juntos pela Mudança, de propaganda irregular com uso do BRT, placas de obras, redes sociais oficiais da prefeitura (Facebook e Youtube) e Agência Belém. Zenaldo se declara confiante na possibilidade de reverter a sentença perante o Tribunal Regional Eleitoral e o TSE.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *