A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

XVI Festival de Ópera do Theatro da Paz


Foto: Rodolfo Oliveira
O XVI Festival de Ópera do Theatro da Paz começa no sábado, 05 de agosto, com a ópera “A Voz Humana”. A bilheteria abre já nesta quinta-feira, 3, após entrevista coletiva de lançamento, com o secretário de Estado Paulo Chaves, a diretora do Sistema Integrado de Teatros, Maria Sylvia Nunes; o diretor artístico e coordenador geral do festival, Gilberto Chaves; a diretora do TP, Célia Cavalcante; o maestro Miguel Campos Neto; a soprano Eliane Coelho; e o diretor cênico Marcelo Marques. 

A programação inclui concerto lírico de artistas paraenses na igreja de Santo Alexandre e um Stabat Mater (música sacra do século XVIII) com o grupo de cordas da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, regido pelo maestro Miguel Campos Neto, além de palestra e lançamento de livro sobre Carlos Gomes.

A montagem de “Don Giovanni” será nos dias 15, 17 e 19 de setembro, sempre às 20h, com regência do maestro mineiro Silvio Viegas e direção cênica de Mauro Wrona. 

O Festival encerra no dia 23 de setembro, com o tradicional concerto ao ar livre em frente ao Theatro da Paz, sob a regência do maestro Agostinho Fonseca Jr. e da maestrina Cibelle Donza, assistente da OSTP. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *