Ontem duas famílias viveram momentos de terror, vítimas de assalto à mão armada por volta das 13 horas, durante passeio no Parque do Utinga, um dos lugares mais lindos de Belém e importante equipamento turístico parauara. Trata-se do oitavo roubo…

Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

XV Festival de Ópera do Theatro da Paz


A Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, regida pelo seu maestro titular, Miguel Campos Neto, abre a programação do XV Festival de Ópera do Theatro da Paz  às 20h no dia 6 de agosto, tendo como convidada especial a soprano paraense Adriane Queiroz, que mora na Alemanha, em Berlim. O concerto marcará os 180 anos de nascimento e 120 anos de morte do compositor Carlos Gomes, que nasceu em Campinas(SP), alcançou grande prestígio na corte do imperador Dom Pedro II e na Europa e morreu em Belém, em 1896, para onde foi a convite de Lauro Sodré, então governador do Pará, em maio de 1895, a fim de criar e dirigir o conservatório que hoje leva seu nome
A Cantata “Los Pájaros Perdidos – O Tempo no Tango”, baseada na obra de Astor Piazzolla e Carlos Gardel, será apresentada nos dias 26, 27 e 28 de agosto, às 20h, pela Orquestra Jovem Vale Música, sob a regência do maestro  Miguel Campos Neto, tendo como solistas o tenor brasileiro Fernando Portari e o bandoneonista argentino Martín Mirol,  além da cantora mexicana Eugenia León, e a participação de 11 bailarinos paraenses e quatro de São Paulo, do coreógrafo brasileiro Luis Arrieta, com  direção cênica de Caetano Vilela. O espetáculo foi concebido por Dudu Neves, Luiz Pardal e Paulo Chaves. 

Já nos dias 21, 23, 25 e 27 de setembro, às 20h, será a vez de “Turandot”,  célebre ópera de Giacomo Puccini, em três atos, com libreto de Giuseppe Adami e Renato Simoni, baseada em peça de Carlo Gozzi, com adaptação de Friedrich von Schiller, que estreou no Teatro alla Scala de Milão em 25 de abril de 1926, sob a regência de Arturo Toscanini e ficou inacabada por causa da morte do autor, a 29 de novembro de 1924, tendo sido completada por Franco Alfano. No elenco, estão Eliane Coelho, a mais festejada soprano brasileira, e outros cinco solistas do Teatro Municipal de São Paulo, além de oito cantores paraenses. O Coro Lírico será regido pelo maestro Vanildo Monteiro e a OSTP pelo maestro Miguel Campos Neto.
A grande novidade este ano é que o concerto de encerramento, em 1º de outubro, às 20h,  será no Theatro  da Paz e não ao ar livre, mas os ingressos serão distribuídos gratuitamente nesse dia, permitindo assim a tradicional participação popular, adianta o diretor artístico do Festival, Gilberto Chaves. Haverá, ainda, palestras e o lançamento de um livro sobre a vida de Carlos Gomes, do escritor Jorge Alves de Lima. 
Serviço: vendas de ingressos na bilheteria do Theatro da Paz. Informações: (91) 4009-8750.

Concerto de Abertura – R$ 30 (plateia, varanda, frisa e camarote de 1º); R$ 20 (camarote de 2ª e Galeria) e R$ 10 (Paraíso). 

Cantata Los Pájaros Perdidos – O Tempo no Tango – R$ 50 (plateia, varanda, frisa e camarote de 1º); R$ 30 (camarote de 2ª); R$ 20 (Galeria) e R$ 10 (Paraíso). 

Ópera Turandot – R$ 80 (plateia, varanda, frisa e camarote de 1º); R$ 40 (camarote de 2ª); R$ 20 (Galeria) e R$ 10 (Paraíso). 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *