0

As eleições para a presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará serão no próximo dia 3 de novembro. O mandato irá até 31 de dezembro de 2023, referente ao período restante da gestão de Renato Milhomem, que faleceu em junho deste ano. Adriana Falconeri, engenheira civil, é a única mulher na disputa. Funcionária concursada do CREA-PA há quase dez anos, ela conhece como poucos o funcionamento do Conselho, onde já exerceu a chefia de gabinete e a Supervisão Regional do Polo Santarém. Além disso, já esteve à frente, também, da Gerência de Relações Institucionais do CREA/PA, de forma interina, onde iniciou um trabalho de estreitamento entre o Conselho e outros órgãos na busca pelo fortalecimento da categoria profissional e do sistema.

Adriana se licenciou do comando do Programa Mulher do CREA-PA para colocar seu nome à disposição para as eleições a presidente. Ela viu que, mais do que nunca, a ampliação da participação feminina de forma protagonista em todas as esferas do Sistema Confea/Crea e entidades de classe é necessária. “Considero que estou em uma fase da vida profissional que me permite esse desafio. Fui convidada por lideranças importantes e acredito que tenho condições de contribuir para o processo. Pela minha vivência, tenho capacidade de liderança para resgatar o Crea e abrir o sistema, que hoje está muito fechado, para toda a sociedade”, conta Falconeri.

O pleito será online e todos os profissionais registrados no Conselho podem votar.

Carne de pirarucus e jacarés doada em Abaeté

Anterior

Os bastidores da prisão de Roberto Jefferson

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *