A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Uma mulher na disputa pelo CREA-PA

As eleições para a presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará serão no próximo dia 3 de novembro. O mandato irá até 31 de dezembro de 2023, referente ao período restante da gestão de Renato Milhomem, que faleceu em junho deste ano. Adriana Falconeri, engenheira civil, é a única mulher na disputa. Funcionária concursada do CREA-PA há quase dez anos, ela conhece como poucos o funcionamento do Conselho, onde já exerceu a chefia de gabinete e a Supervisão Regional do Polo Santarém. Além disso, já esteve à frente, também, da Gerência de Relações Institucionais do CREA/PA, de forma interina, onde iniciou um trabalho de estreitamento entre o Conselho e outros órgãos na busca pelo fortalecimento da categoria profissional e do sistema.

Adriana se licenciou do comando do Programa Mulher do CREA-PA para colocar seu nome à disposição para as eleições a presidente. Ela viu que, mais do que nunca, a ampliação da participação feminina de forma protagonista em todas as esferas do Sistema Confea/Crea e entidades de classe é necessária. “Considero que estou em uma fase da vida profissional que me permite esse desafio. Fui convidada por lideranças importantes e acredito que tenho condições de contribuir para o processo. Pela minha vivência, tenho capacidade de liderança para resgatar o Crea e abrir o sistema, que hoje está muito fechado, para toda a sociedade”, conta Falconeri.

O pleito será online e todos os profissionais registrados no Conselho podem votar.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *