A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Um vereador explosivo

O ex-deputado estadual parauara João Batista Babá(PSol) promete esquentar ainda mais o verão do Rio de Janeiro, que já alcança temperaturas infernais. Caloroso por natureza, Babá, que transferiu seu domicílio eleitoral há anos, obteve cerca de 11 mil votos em 2012 e não conseguiu se eleger, mas a partir do próximo dia 2 de fevereiro ganhará dois anos de mandato de vereador no Rio, na vaga de Eliomar Coelho (PSol), que se elegeu deputado da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Babá arrumou confusão em território carioca e ganhou notoriedade ao queimar a bandeira de Israel, em 2012, e agora promete tentar reativar a CPI dos Ônibus, destinada a apurar a existência de suposto cartel no setor. O transporte no Rio é caótico e dominado por empresas. Seremos oposição intransigente.” Como se alguma vez tivesse transigido…

Babá é um dos fundadores do PSol, seu primeiro mandato foi como vereador em Belém, em 1989, e chegou a deputado federal em 1999, sempre pelo PT, partido que também ajudou a fundar e do qual foi expulso pelo ex-presidente Lula, em 2003, junto com Heloísa Helena e Luciana Genro, quando os três votaram contra a reforma da Previdência. O relator do seu processo de exclusão dos quadros petistas foi Delúbio Soares, Babá se diverte ao lembrar.

Um dia, estava no Largo da Carioca e um judeu passou me xingando de terrorista. Mas eu não sou: fiz aquele ato em defesa de um povo”, contou Babá, que se defende do ato radical de queimar a bandeira de Israel explicando que foi em repúdio ao massacre contra os palestinos

Quem conhece Babá sabe que vamos ter muitas notícias dele de agora em diante. Possivelmente em cadeia nacional.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *