Na terça-feira da semana passada (19), quando estava em votação no plenário da Assembleia Legislativa projeto de Indicação de autoria da deputada Professora Nilse Pinheiro transformando o Conselho Estadual de Educação em autarquia, detentora de autonomia deliberativa, financeira e administrativa,…

A desgraça sempre chega a galope, mas tudo o que é bom se arrasta indefinidamente no Brasil, o país dos contrastes e contradições, rico por natureza, com poucos bilionários e povo abaixo da linha da pobreza. Parece inacreditável, mas tramita…

O prefeito de Oriximiná, Delegado Willian Fonseca, foi reconduzido ao cargo pelo juiz titular da Vara Única daComarca local, Wallace Carneiro de Sousa, e literalmente voltou a tomar posse nos braços do povo. Era por volta do meio-dia, hoje (26),…

A equipe multidisciplinar do centro obstétrico da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém (PA), vivenciou uma experiência rara e emocionante: o parto empelicado. Imaginem um bebê nascendo dentro da placenta intacta, com os movimentos visíveis, praticamente ainda…

TRE-PA rejeitou contas do PSDB, PR, PDT e PPL

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará, por unanimidade, desaprovou a prestação de contas do PSDB, PR, PDT e PPL, referentes à arrecadação e gastos na campanha de 2014. A relatora de todos os processos foi a desembargadora Célia Regina de Lima Pinheiro, que identificou irregularidades como, por exemplo: omissão das doações estimáveis em dinheiro, inconsistências nas transferências diretas e informações dos outros beneficiários, omissão de registro de doações a outros prestadores e ausência de comprovante de despesa paga após a eleição.
Com isso, foi determinada a suspensão do recebimento das cotas de fundo partidário no ano seguinte ao trânsito em julgado da decisão, por três meses, no caso do PSDB, PR e PDT, e por dois meses, no caso do PPL. Vão todos recorrer ao TSE, claro.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *