Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Trabalho escravo

O Pará saiu da triste condição de recordista de trabalho escravo. O Rio de Janeiro é o estado com o maior número de trabalhadores nestas condições, com 521 (14,5% do total). A região Sudeste concentrou o maior número de casos: 1.022, seguida por Nordeste (875), Norte (702), Centro-Oeste (658) e Sul (315).

Em 2009, 3.571 pessoas de 19 estados brasileiros foram resgatadas em condições análogas à da escravidão. É o que revela balanço divulgado ontem pelo coordenador de Erradicação do Trabalho Escravo, procurador do Trabalho Sebastião Caixeta.

Os dados no Rio se referem à fiscalização conjunta do Ministério do Trabalho, Ministério Público e Polícia Federal. Mas chegam a 671 casos, se incluídos mais 150 empregados beneficiados por ação específica do MPT-RJ. Nesse caso, o total no Sudeste subiria para 1.172. Por se tratar de iniciativa isolada, a operação ficou fora do balanço nacional.

Em 2008, Goiás teve o maior número de trabalhadores resgatados: 867. O Centro-Oeste também ficou à frente, com 1.681, seguido por Nordeste (1.498), Norte (1002) e Sudeste (536).

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *