O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

Suspenso reajuste de tarifas para o Marajó

Por determinação do governador Simão Jatene está suspenso qualquer reajuste na tarifa do transporte fluvial de veículos e passageiros para os municípios do arquipélago do Marajó, tanto em balsas quanto em qualquer outro tipo de embarcação. Após uma reunião que durou três horas, em pleno domingo à tarde, na Secretaria de Estado do Transportes, realizada a pedido do presidente da Federação das Associações Comerciais e Industriais (Faciapa) e da Associação Comercial do Pará, Fábio Lúcio Costa, com o secretário de Estado de Transportes, Kleber Menezes; o diretor geral da Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Pará (Arcon), Bruno Guedes; o prefeito de Soure, Guto Gouvêa, o presidente da Associação Comercial de Soure, Willen Moreira, e o diretor da entidade, Marco Aurélio, ficou decidido que a Fapespa – Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas do Pará conduzirá estudo técnico  relacionado ao reequilíbrio econômico-financeiro do contrato de travessia, que vem desde 2010, à luz de preços de mercado e levando em conta as reivindicações dos moradores da região e o atual momento econômico. O estudo deverá durar 60 dias e a Faciapa e Amam – Associação dos Municípios do Arquipélago do Marajó (Amam) terão direito a representantes nesse grupo de trabalho. Já está marcada nova rodada de negociações para o próximo dia 4 de maio.

Em pauta, além da tarifa, está a oferta, qualidade e acessibilidade no transporte hidroviário, o ambiente concorrencial, inclusive oferta de novas empresas para prestação do serviço, alteração de horários da linha e vinculação do transporte fluvial com os ônibus. O Ministério Público Estadual também será chamado a participar das tratativas, até porque envolvem direitos difusos que precisam ser protegidos. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *