O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

SOS Salinas

É lamentável o estado em que está Salinas. Buracos sem fim nas ruas, abastecimento precário no mercado municipal, recolhimento de lixo eventual e, nas casas de veraneio, só é feito mediante um agrado que os donos têm que dar aos garis pra não receberem a visita dos urubus em casa.

Os moradores locais se queixam também da violência. Adolescentes nativos têm sido assaltados na ida e volta da escola.

A descaracterização do projeto urbanístico do Maçarico é de doer. Lâmpadas queimadas não são substituídas, as barracas – todas padronizadas com materiais ecológicos e batizadas com nomes que remetem à história e cultura do município – estão cheias de placas e alterações visuais. Uma falta de respeito ao patrimônio. Não interessa qual governo fez, as obras são públicas e têm que ser mantidas com as suas características originais.

E pensar que Salinópolis é a principal estância turística do Pará!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *