Lançamentos literários, apresentações de teatro, oficinas voltadas para as culturas pop e japonesa, arrecadação de livros, atividades pedagógicas e lúdicas direcionadas ao público infantil, entre outras ações, estão no cardápio de cultura e arte servido aos visitantes do estande da…

O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

SOS Hospital Barros Barreto!

No dia 04 de fevereiro do ano passado, no post O
drama do Barros Barreto
, expus a situação de extrema precariedade do Hospital
Universitário João de Barros Barreto, da UFPA. O MPF fez vistoria, e foi
assinado um Termo de Ajustamento de Conduta pelo qual a instituição assumiu a
obrigação de cumprir todos os itens necessários ao bom funcionamento do
hospital, sob pena de
multa diária de R$ 5 mil. 
Passado quase um ano e meio, a coisa só piora. É gravíssimo o que
acontece lá e as providências são urgentes. 
Faltam remédios, desde soro fisiológico até antibióticos. A infraestrutura
está degradada:
piso danificado,
fiação elétrica exposta, sistema de esgoto defeituoso e infiltrações e goteiras
em vários pontos do prédio
, leitos sem condições de receber e tratar os pacientes. Tomógrafos, aparelhos respiratórios e outros
equipamentos estão
paralisados. As instalações são
perigosas; na lavanderia, equipamentos antigos e goteiras são uma porta
escancarada a infecções; nas enfermarias, o espaço mínimo entre os leitos não é
respeitado.

O Centro de Terapia Intensiva e a Sala Cirúrgica parecem de um filme de terror.
Em todo o hospital, os ambientes são improvisados,
com excesso de umidade, equipamentos enferrujados e danificados, esgoto
destinado sem tratamento e lixo sem a devida segregação e
acondicionamento.
O mobiliário oxidado e portas emperradas, a coleta do
lixo nas enfermarias, os bebedouros, banheiros, cozinha, espaço desorganizado e
sem higiene para guardar materiais, enfim, as fotos dão a ideia exata do caos
vivenciado por quem trabalha ou precisa ser atendido lá.

Algum de vocês aceitaria ser tratado lá? Ou deixaria alguém da família? Então, por favor, ajudem a divulgar tamanha aberração. Há muitas vidas em risco, de gente muito pobre que não pode sequer se dar ao luxo de recusar tal atendimento. Trata-se de um mínimo de dignidade, de direitos humanos!



Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *