Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

Solidariedade e cidadania

Na próxima quinta-feira, 13, Belém realiza o
Seminário de Divulgação da 5ª Edição do Prêmio ODM Brasil, evento coordenado
pela Secretaria-Geral da Presidência da República, Movimento Nacional pela
Cidadania e Solidariedade e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento
(PNUD), de 8:30h às 12:30h, no Campus
Senador Lemos da Unama.
Criado em 2004, o prêmio reconhece e valoriza práticas
bem-sucedidas de ONGs, universidades, fundações, empresas, sindicatos e
movimentos sociais, e de prefeituras que contribuam para o alcance dos oito
Objetivos do Desenvolvimento do Milênio. O evento é aberto à população em
geral, a gestores públicos estaduais e municipais. As inscrições são gratuitas
e vão até 2 de agosto.
Serão selecionadas 60 práticas e 30 delas premiadas,
pelos seguintes critérios: contribuição para o alcance dos ODM; impacto no
público atendido; participação da comunidade; existência de parcerias;
potencial de replicabilidade; complementariedade, articulação e integração com
outras políticas públicas. Os projetos selecionados serão visitados por
técnicos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), da Escola Nacional
de Administração Pública (Enap) e de Ministérios.
Os 30 premiados receberão, em Brasília, troféu e o
reconhecimento público pelas ações desenvolvidas, em cerimônia no ano que vem.
Para concorrer, basta preencher a ficha de inscrição aqui. Nas quatro edições anteriores
foram apresentados 5.097 projetos, dos quais 80 premiados.
Os ODM contemplam direitos básicos de cidadania e
tratam de iniciativas que visam melhorar a qualidade de vida: acabar com a fome
e com a miséria; educação básica de qualidade para todos; igualdade entre os
sexos e valorização da mulher; reduzir a mortalidade infantil; melhorar a saúde
das gestantes; combater a Aids, a malária e outras doenças; qualidade de vida e
respeito ao meio ambiente; e todo mundo trabalhando para o desenvolvimento.

Para conhecer o calendário de seminários de
divulgação do Prêmio, acesse aqui.
As inscrições para participar dos seminários Prêmio ODM podem ser registradas aqui.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *