Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Será um factoide?

Quase um ano depois de ter ditado pelo telefone à jornalista Rita Soares uma carta de desfiliação do PSDB – partido que ajudou a fundar há 21 anos e do qual é presidente de honra -, documento jamais entregue, Almir Gabriel de novo falou para a repórter que protocolou ontem junto ao TRE-PA seu pedido de desfiliação, diz que para poder dar seu apoio a Domingos Juvenil, candidato ao governo do Pará pelo PMDB.
Almir, que foi prefeito de Belém, senador, duas vezes governador do Pará e candidato à vice-presidência na chapa de Mário Covas em 1989, jura de pés juntos que ainda hoje vai divulgar – e desta vez entregar – nova carta de desfiliação do ninho tucano. Tucanos, raposas felpudas e animais políticos em geral querem saber se desta vez vai mesmo, e quais as suas verdadeiras razões. Podia aproveitar e também contar quem eram os espertos aos quais se referiu quando renunciou à candidatura a prefeito de Belém. 


Atualização às 22h40: a Rita Soares, que é uma pimenta malagueta de corajosa, pegou o repórter fotográfico Marcos Santos e foi ao apartamento de Almir Gabriel tirar a limpo a história da carta e saber os próximos rumos que tomará na vida política. Conseguiu a dita cuja, aí em cima, e uma entrevista exclusiva que será publicada amanhã, é claro, no Diário do Pará. Reparem no detalhe significativo: Almir nem se deu ao trabalho de escrever o nome do presidente do Diretório do PSDB.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *