Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

SEP lança projeto para o porto de Belém


O ministro dos Portos, Helder Barbalho, lança amanhã em Belém o Projeto de Revitalização do Porto da cidade. Às 10h, apresenta o plano aos vereadores, na Câmara Municipal. Às 15h, mostra ao prefeito Zenaldo Coutinho. E a partir das 18:30, na sede da Associação Comercial do Pará, ao empresariado. A intenção é promover a integração do Porto com a cidade, a exemplo do que já foi feito no Rio de Janeiro, em Boston (EUA) e em Barcelona (Espanha). 

O projeto deverá ser implantado em etapas. A primeira deve durar três meses e custar R$ 3 milhões, e já está a cargo das empresas Giovanini Lettieri Arquitetura e Geológica Consultoria Ambiental.
Em seguida, em um prazo de mais dois meses, serão realizadas consultas públicas. E, por fim, será divulgado o estudo básico (projeto conceitual), que vai dar origem ao Processo de Manifestação Pública de Interesse. Nessa modalidade de licitação as empresas privadas são convidadas a apresentar propostas de reurbanização do espaço portuário. A melhor será declarada vencedora, tendo como critério a
 vocação ambiental e cultural de Belém. 

O investimento total ainda não está definido. Mas o ministro adianta que a conta será dividida entre o poder público e a iniciativa privada.

Considerando a votação do impeachment neste domingo, tudo pode acontecer. Ou nada, como diria Caetano Veloso. De modo que parece ser recomendável cautela e bom senso e a espera pelas notícias de segunda-feira, o Dia D de Dilma. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *