O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Sensação de insegurança


Quem for assaltado, estuprado,
sequestrado, feito refém ou sofrer qualquer tipo de violência no Pará vá
tratando de esfregar os olhos ou procurar um psiquiatra. É que deve estar tendo
um pesadelo ou um surto psicótico. Aliás, existe tratamento para alucinação
coletiva? Vou procurar saber para indicar o endereço.
É que hoje, em entrevista coletiva, na
Delegacia Geral, o secretário adjunto de Inteligência e Análise Criminal de
Segurança Pública e Defesa Social, Antônio Farias, apresentou mais uma das
famosas estatísticas do governo do Estado.
Pois anotem aí: só
nesta primeira quinzena, a operação “Verão
na Paz, é a gente que faz
”, deflagrada no último dia 29, reduziu os crimes em
27,6%.  
Nos
79 municípios a que levamos reforço no policiamento, há uma queda na faixa de
48% na criminalidade, se consideramos apenas os fins de semana. Nos 20
municípios e distritos onde há maior movimento de veranistas, como Salinas,
Bragança e Mosqueiro, a redução chega a 45,7%. Trabalhamos com a redução da
violência, e os números indicam isso de forma muito clara. São expressivos, mas
o trabalho continua
”, garantiu o adjunto da Segup.
Disse mais. Que em
Salinas a queda da criminalidade neste mês foi de 55,14%. Em Bragança, de 34,74%,
nos distritos de Mosqueiro (56,05%) e Outeiro (42,86), assim como em Salvaterra
(14,29%) e Soure (30%), no arquipélago do Marajó.
Acreditem se quiserem. E não fiquem
imaginando coisas.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *