0

A Comissão Estadual de Enfrentamento aos Acidentes de Motor com Escalpelamento, integrada pela Secretaria de Estado de Saúde Pública,  Marinha do Brasil, Ong Amigos Voluntários do Pará e Secretaria de Educação do Estado do Pará realiza uma série de ações em alguns municípios para prevenção e enfrentamento ao escalpelamento. As atividades seguem até o próximo dia 16.

Nesta primeira etapa, a comissão percorreu Muaná, no arquipélago do Marajó, e Abaetetuba, na região do Baixo Tocantins, e reuniu 180 pessoas. Foram realizados os serviços de orientação e conscientização sobre a importância de usar cobertura no eixo do motor das embarcações. Na ocasião, 38 “rabetas” receberam coberturas de motor, gratuitamente.

A ação contou com a presença de prefeitos, secretários, agentes municipais de saúde e sociedade civil. Em Muaná, projeto de  lei municipal institui o “Dia do enfrentamento aos acidentes de escalpelamento no município”, além de um comitê gestor municipal para o enfrentamento aos acidentes.

Nesta segunda-feira (13) as equipes se deslocam para Igarapé-Miri, onde também haverá instalação de cobertura de eixo e distribuição de material informativo.

“A ação é de extrema importância para trabalhar a prevenção, através da sensibilização do poder público e da comunidade. A ideia é mostrar que medidas simples, como a cobertura do motor, fazem toda a diferença para evitar que ocorram acidentes. O trabalho em parceria com outros órgãos, como a Marinha e Seduc, é fundamental, pois cada um aborda um tema específico. Por exemplo, a Marinha fala sobre navegação segura, a Seduc leva a questão educacional e a Sespa atua junto aos gestores municipais, visando garantir a implementação de uma rede de proteção e cuidado com a comunidade, além de garantir assistência à saúde da vítima de escalpelamento”, pontuou a coordenadora Estadual de Saúde Indígena e Populações Tradicionais da Sespa, Tatyane Peralta.

OAB-PA vai lançar edital para o TJPA e afasta advogado agressor

Anterior

FCP lança Prêmio Mergulho

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *