0

Inédito no Pará, o XX Encontro Nacional da Jovem Advocacia (ENJA/PA), que encerrou nesta quinta-feira, 26, reuniu mais de três mil pessoas, entre inscritos e profissionais de referência na região norte e no país, distribuídos em mais de cinquenta painéis, que debateram temáticas importantes para a comunidade jurídica e a sociedade brasileira.

“O ENJA foi um verdadeiro sucesso, graças ao apoio e trabalho da jovem advocacia de todo Pará. Conseguimos fazer um evento belíssimo, com caravanas do Pará e do Brasil. Todas as expectativas foram superadas”, celebrou Tatiane Moraes, presidente da Comissão da Jovem Advocacia do Pará (COJAD).

O presidente da OAB-PA, Eduardo Imbiriba, parabenizou a gestão do presidente da OAB Nacional, Beto Simonetti, pelos investimentos em interiorização e qualificação. “Parabéns por gerir a nossa instituição de uma maneira tão representativa e democrática”. Às jovens advogadas e advogados, o presidente da seccional paraense frisou que são cruciais para a advocacia seja cada mais forte. “Os jovens advogados são o futuro que representam cada vez mais esse espírito de luta, essa unidade do que deve ter em prol daquilo que é sagrado para nós”, pontuou Eduardo Imbiriba.

O presidente da Comissão Nacional da Jovem Advocacia, Lenílson Ferreira, enfatizou que o único caminho para o sucesso é a qualificação. “Nós somos o presente da advocacia brasileira. Os jovens advogados e os estudantes de Direito serão o futuro da nossa profissão. A missão de vocês é dar continuade a esses eventos para fortalecer a advocacia brasileira”, declarou.

Em seu discurso, o presidente da OAB Nacional, Beto Simonetti, salientou que exerce “um papel importante na concretização dos propósitos da Ordem ao desenvolver um trabalho exemplar para o aperfeiçoamento do Sistema de Justiça”.

Paraense na lista dos cientistas mais influentes do mundo

Anterior

Amazônia Jazz Band hoje no Theatro da Paz

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *