Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

Prêmio Qualidade de Vida Ambiental no Pará

Amanhã, Dia Mundial do Meio Ambiente, a Assembleia Legislativa outorgará, em sessão solene, às 10h, o Prêmio Qualidade de Vida Ambiental no Pará a pessoas que se destacam na promoção de ações ambientais.  A honraria foi instituída através do Projeto de Resolução nº 01/2013, de autoria do deputado Raimundo Santos, presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Alepa, líder da bancada e presidente estadual do PEN, o Partido Ecológico Nacional, que é também autor do requerimento que originou a solenidade anual. 

A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia e serve para evidenciar iniciativas em defesa do meio-ambiente e também estimular a participação da sociedade no debate quanto ao aproveitamento racional dos recursos naturais.O Prêmio Qualidade de Vida Ambiental no Pará destaca a importância das práticas sustentáveis e incentiva projetos que proporcionem qualidade de vida melhor a todos. 

No ano passado, o Laboratório de Química Analítica e Ambiental da UFPA, um dos agraciados, ganhou visibilidade com a premiação da Alepa. Trata-se de um dos poucos laboratórios de toda a região Norte que trabalha com a análise de metais pesados em rios, rochas, solos, plantas e outras matrizes. Em parceria com vários órgãos públicos, o Laquanam identifica possíveis agressões ao meio ambiente, principalmente contaminações provenientes de indústrias.

Outro homenageado no ano passado foi o escritor, marqueteiro, restaurateur e ambientalista André Costa Nunes, que – visionário como ele só – aproveitou a ocasião e sugeriu ao governo e à Alepa um programa de detecção e identificação de nascentes, começando nas zonas urbanas, suburbanas e periféricas das cidades e, a partir daí ou concomitantemente, seu resguardo e proteção contra aterros, concreto e lixões. 

O desafio é promover a sustentabilidade, principalmente nas nas escolas, destaca Raimundo Santos, que aposta na educação ambiental para formar cidadãos mais (cons)cientes da relação com o ambiente. Controlar o consumo de energia, reciclar o lixo, reutilizar a água e reaproveitar materiais é um exercício diário e trabalhoso, mas necessário, defende o parlamentar, lembrando que, em escala global, a degradação ambiental coloca em risco o próprio planeta. 

A foto, na comunidade quilombola das Mangueiras, em Salvaterra, no arquipélago do Marajó, é de Raimundo Paccó.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *