A empresa de ônibus Belém-Rio, que faz a linha para o distrito de Outeiro – Ilha de Caratateua, em Belém, aparentemente está falida e reduziu pela metade a sua frota, causando enorme sofrimento aos usuários do transporte coletivo. O serviço,…

A Cosanpa abriu nada menos que seiscentos buracos imensos nos bairros mais movimentados de Belém, infernizando a vida de todo mundo com engarrafamentos e causando graves riscos de acidentes, principalmente porque chove sempre, e quando as ruas alagam os buracos…

O Procurador-Geral de Justiça César Mattar Jr. inaugurou nesta quinta-feira, 16, o Núcleo Eleitoral do Ministério Público do Estado do Pará, que vai funcionar na sede das Promotorias de Justiça de Icoaraci, distrito de Belém. O coordenador será o promotor…

A desembargadora Maria de Nazaré Saavedra Guimarães, que se destaca pelo belo trabalho que desenvolve à frente da Comissão de Ações Judiciais em Direitos Humanos e Repercussão Social do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, e que já coordenou…

A ponta do véu

Há mais mistérios no imbroglio pela vaga de Sefer do que imagina a nossa vã filosofia. É que Nadir Neves – que já está em Belém desde o fim de semana passado – pediu a um vereador do DEM para intermediar uma conversa sua, em caráter reservado, com Francisco Gualberto. O encontro foi na segunda-feira à noitinha e se estendeu até altas horas. O teor do acordo só os dois sabem – mas o efeito é decisivo: Nadir não vai pleitear o mandato, e Gualberto fica, assim, livre, leve e solto e já encomendou seu terno novo para tomar posse.
Nadir deve ter pesado e medido muito bem os riscos que corre. Se renunciar ao mandato de vereador de Belém e assumir como deputado, pode ser cassado em poucos dias e ficar de mãos abanando, sem eira nem beira. Isto porque o DEM – leia-se Valéria e Vic Pires Franco e Márcio Miranda, suas maiores lideranças – já deixou claro que não aceita negociar a vaga, nem com o retorno do neopetebista às hostes democratas. E olhem que Nadir, simpático como ele só, trata até hoje Valéria carinhosamente de madrinha.
De perguntar-se o que Nadir teria pedido a Gualberto, uma vez que não haveria necessidade desse encontro sigiloso para efetivar sua decisão. Que segredos encerra essa conversa ao pé do ouvido, após o retiro de Quarta-Feira de Trevas, Quinta-Feira Santa, Sábado da Aleluia e Domingo de Páscoa? Hummmm…
Será que o deputado federal Vic Pires Franco, presidente do DEM no Pará e internauta atento, poderia vir aqui ao blog nos contar mais sobre essas enigmáticas cousas entre o Céu e a Terra, antes que elas caiam sobre nossas pobres cabeças?!
Atualizado às 17:05: Nadir Neves acaba de ser visto em Brasília, no Anexo IV da Câmara Federal, falando com um assessor de Vic Pires Franco. Aí tem…

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *