Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Polo do Mar e Petróleo

O presidente da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas, Eduardo Costa, a secretária adjunta da Sectet, Maria Amélia Rodrigues, e o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação da UFPA, Rômulo Simões Angélica, fizeram visita técnica à implantação do Polo Científico-Tecnológico do Mar e Petróleo da UFPA Campus Salinópolis, objeto de convênio entre a Fapespa e a UFPA em valor superior a R$ 20 milhões. Acompanhados pelos professores e pesquisadores do polo, visitaram os laboratórios, a biblioteca, a estrutura administrativa no campus e conheceram detalhes do projeto, que vai ter cursos de graduação em Engenharia de Exploração e Produção de Petróleo, Engenharia Costeira e Oceânica, Engenharia Computacional, além das licenciaturas em Física e Matemática, e alguns cursos de pós-graduação, com vagas para mais de mil alunos, o que transformará Salinópolis em importante polo universitário no Pará. 


Há alguns dias, a Fapespa lançou um pacote de editais de fomento e amparo à pesquisa no Estado totalizando mais de R$ 15 milhões. Deste montante, R$ 9 milhões para bolsas de iniciação científica, mestrado e doutorado e R$ 6 milhões para interiorização da pesquisa no Pará e editais Inter Pará.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *