0

O casarão erguido em 1888 para ser moradia do Tenente Coronel Antônio José Correa  Seixas, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, onde funcionou a antiga Prefeitura e a atual Casa de Cultura, agora está totalmente restaurado e será o novo Centro Administrativo Municipal de Baião. A edificação histórica teve preservadas as suas linhas barrocas, góticas e os traços coloniais que marcaram a transição para o período republicano brasileiro. A história de Baião mescla as disputas territoriais entre os colonizadores franceses e portugueses e está sendo estudada pela pesquisadora Camila Campos Favacho, da Universidade Federal do Pará, e por Valtelor Monteiro, da Prefeitura de Baião. O estudo resultará na publicação do Livro Baião: um livro, uma história e uma cidade revelando sua trajetória.

No novo Centro Administrativo serão instaladas as secretarias municipais. A inauguração do restauro do prédio foi prestigiada por autoridades locais, professores, pesquisadores, estudantes e a população em geral, em meio a festa popular com vários artistas  da terra. Durante a cerimônia, oprefeito de Baião, Lourival Menezes Filho, agradeceu a Humberto da Silva, coordenador da Defesa Civil,  e ao senador Beto Faro (PT-PA), que viabilizaram  recursos para a obra. 

Fotos: Negro San e César Vieira

Semas Pará no MIT

Anterior

Gatinha baleada em Soure

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de Notícias

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *