Área contígua ao centro histórico de Belém do Pará, Zona Especial do Patrimônio Histórico declarada por lei, o bairro do Reduto, cenário industrial da belle Époque, da Doca do Reduto no início do século XX, com suas canoas coloridas repletas…

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça fixou, sob o rito dos recursos repetitivos, a tese de que o servidor federal inativo, independentemente de prévio requerimento administrativo, tem direito à conversão em dinheiro da licença-prêmio não usufruída durante a…

O prefeito Edmilson Rodrigues cumpriu agenda institucional em Brasília, ao lado do secretário municipal de Gestão e Planejamento, Cláudio Puty. No Ministério da Economia, trataram das obras de saneamento básico no Canal do Mata Fome, no bairro do Tapanã, onde…

O leite materno contém propriedades importantes para o crescimento e desenvolvimento do bebê, fortalecendo a sua imunidade contra diversas doenças. Em 1992 a Aliança Mundial de Ação Pró-Amamentação criou a Semana Mundial de Aleitamento Materno, de 1 a 7 de…

Parazão 2018 garantido pelo governo

FOTO: ANTONIO SILVA
O Banparazão 2018 começa neste sábado, dia 13, com a partida Independente x Paragominas, em Tucuruí (Estádio Navegantão). Ao todo, dez clubes estão na disputa, oito do interior e dois da capital: Águia de Marabá, Bragantino, Cametá, Castanhal, Independente de Tucuruí, Paragominas, Parauapebas, Paysandu, Remo e São Raimundo de Santarém. Hoje, o governador Simão Jatene garantiu o evento, ao celebrar contrato de patrocínio pelo Banpará, ratificado pelo presidente da Alepa, deputado Márcio Miranda, pelo chefe da Casa Civil da Governadoria,  José Megale, secretária de Esporte e Lazer, Renilce Nicodemos, presidente da Rede Cultura de Comunicação, Adelaide Oliveira, o presidente da Federação Paraense de Futebol, Adélson Torres; o presidente do Paysandu, Tony Couceiro; presidente do Remo, Manoel Ribeiro, e Cláudio Wagner, presidente do Bragantino, há 11 anos sem disputar a primeira divisão do campeonato paraense, e que acaba de conquistar a “segundinha”, que classificou as duas melhores equipes para o Parazão deste ano. 
Pelos direitos de transmissão exclusiva do evento, a TV Cultura do Pará vai destinar R$ 2.956.800,00. Desse total, 20% serão utilizados para premiar os melhores do campeonato. Cento e quinze municípios parauaras poderão assistir aos jogos, totalmente em HD. 
O Clube do Remo vai levar o dinheiro direto para a Justiça do Trabalho, a fim de ajudar a pagar a dívida trabalhista com ex-jogadores, que em 2015 ultrapassava R$ 10 milhões e hoje já caiu para R$5 milhões.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *