Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

Em 17 de dezembro de 1999, a Assembleia Geral das Nações Unidas designou o 25 de novembro Dia Internacional da Eliminação da Violência contra a Mulher. Passados 22 anos, os dados do 14° Anuário Brasileiro de Segurança Pública são aterrorizantes: por…

Parauara fala sobre Carlos Gomes em SP

Jonas Monteiro Arraes, professor mestre da UEPA/FCG, pesquisador associado ao Grupo de Estudo e Pesquisa em Música da UEPA e pesquisador colaborador do Museu da UFPA, a convite da Academia de Letras de Campinas (SP) fará conferência sobre a presença do compositor Antonio Carlos Gomes em Belém. Jonas Arraes discorrerá acerca do honroso, dedicado e criterioso tratamento dado ao grande maestro em cada uma de suas vindas ao Pará (1882, 1883, 1895 e 1896), inclusive na última, quando faleceu. Também, para que todos lá tenham melhor conhecimento sobre como era Belém naquele recorte histórico (1882-1896), mostrará imagens e informações sobre os diversos equipamentos arquitetônicos, teatros, jornais, livrarias e lojas de música daquela época. 

Reconhecido como o maior compositor das Américas, o maestro Carlos Gomes nasceu há 180 anos e se foi há 120 anos. Em sua memória foi consagrado por lei municipal o mês de setembro como o mês de Carlos Gomes, em Campinas(SP).     


Jonas Arraes será saudado pelo acadêmico Jorge Alves de Lima, presidente do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Campinas e os solistas da Associação Brasileira Carlos Gomes de Artistas Líricos apresentarão recital. Haverá, ainda, o lançamento do livro “Uma Cronologia Crítica da Música  Brasileira” (de 1500 a 2000),  de autoria de José Alexandre dos Santos Ribeiro, linguista e musicólogo.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *