A desgraça sempre chega a galope, mas tudo o que é bom se arrasta indefinidamente no Brasil, o país dos contrastes e contradições, rico por natureza, com poucos bilionários e povo abaixo da linha da pobreza. Parece inacreditável, mas tramita…

O prefeito de Oriximiná, Delegado Willian Fonseca, foi reconduzido ao cargo pelo juiz titular da Vara Única daComarca local, Wallace Carneiro de Sousa, e literalmente voltou a tomar posse nos braços do povo. Era por volta do meio-dia, hoje (26),…

A equipe multidisciplinar do centro obstétrico da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém (PA), vivenciou uma experiência rara e emocionante: o parto empelicado. Imaginem um bebê nascendo dentro da placenta intacta, com os movimentos visíveis, praticamente ainda…

Em ação civil coletiva do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem, Técnico Duchista, Massagista, Empregados em Hospitais e Casa de Saúde do Estado do Pará, na qual o Ministério Público do Trabalho PA-AP atuou como fiscal da lei, a 2ª Vara…

Paraense representa Brasil em Goa

“São João e sapatos”, 2007, de Alexandre Sequeira. 
O premiado artista plástico parauara Alexandre Sequeira vai representar o Brasil junto com dois paulistas no GoaPhoto, festival internacional de fotografia na província de Goa, no sudoeste da Índia, de 23 a 26 de novembro. O diferencial do evento é o espaço, que foge totalmente ao convencional no circuito de arte, como forma de propiciar o diálogo entre os artistas e o contexto cultural e arquitetônico da aldeia de Saligao, a cerca de 20 Km de Panaji, a capital de Goa. Além da mostra, também serão promovidos seminários e mini-cursos abertos tanto aos moradores quanto aos visitantes. 

As obras de Alexandre Sequeira selecionadas para o evento fazem parte do projeto “Meu mundo Teu”, resultado da Bolsa de Pesquisa, Criação e Experimentação Artística/2007 da Casa das Artes do Governo do Estado do Pará, e foram concebidas em ação colaborativa entre o fotógrafo e os jovens Jefferson Oliveira e Tayana Wanzeler. O artista promoveu o conhecimento de dois adolescentes através de cartas e fotografias nas quais ambos descrevem em detalhes seus universos simbólicos pessoais, e atuou como mediador e potencializador da afetividade e a riqueza da amizade, conforme descrição do curador Eder Chiodetto.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *