Lançamentos literários, apresentações de teatro, oficinas voltadas para as culturas pop e japonesa, arrecadação de livros, atividades pedagógicas e lúdicas direcionadas ao público infantil, entre outras ações, estão no cardápio de cultura e arte servido aos visitantes do estande da…

O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

O caso do padre Geffison Silva


O jovem padre Geffison Silva, 32 anos, ordenado sacerdote barnabita em 22 de janeiro de 2011 e que desde fevereiro de 2012 era prefeito da sacristia, responsável pela juventude e estava à frente da adoração eucarística na Basílica Santuário de Nazaré, em Belém, foi afastado de suas funções. Pesa contra si a acusação de ter engravidado três fiéis. Uma das crianças já nasceu e duas estão nos ventres maternos. O fato reacendeu o debate quanto ao celibato na igreja católica e a ausência do padre e o seu silêncio obsequioso têm gerado muitas especulações nas redes sociais e manifestações de centenas de seguidores em sua página no Facebook. Até um grupo de WhastsApp foi criado para discutir o caso e pedir sua volta. A igreja não se pronunciou formalmente, nem na missa que ele celebrava – na qual conseguia congregar milhares de pessoas todas as quartas-feiras -, nem no programa na rádio web da Basílica Santuário de Nazaré que apresentava. Limitou-se a publicar uma nota lacônica no Facebook, que vocês podem ler aí em cima.

Nascido em 05 de fevereiro de 1983, em Igarapé-Açu, Pe. Geffison Silva, quando adolescente, participava do grupo de renovação carismática em São Miguel do Guamá, município para onde se mudou com sua família aos 3 anos de idade. Entrou no Seminário em 2002, se formou em Filosofia, e em 2005 foi para Brasília fazer o noviciado. Em 2006, em Fortaleza, iniciou o curso de Teologia e, de 2007 a 2009 morou em São Paulo, onde concluiu o curso.
Em 2010 foi para Roma realizar o estudo aprofundado sobre a Congregação. Lá permaneceu por 5 meses até que retornou a Bragança, onde foi ordenado diácono, em 14 de Agosto de 2010, e meses depois ordenado padre.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *