O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

A música em debate

Estudantes
de música de todo o Brasil ainda podem se inscrever aqui no III Congresso Estudantil de Música da
UFPA, que vai reunir professores e estudantes em Belém entre os dias 23 e 25 de
maio. 
Com o
tema “Construindo uma educação musical”,
o III Cemufpa é organizado pelo Centro Acadêmico de Música da Universidade
Federal do Pará. Os professores Ricardo Catete e Jaqueline Malcher, ambos da
Universidade do Estado do Pará (UEPA), e Ana Luiza Leal, da UFPA, juntamente
com Marcos Guimarães, representante da Ordem dos Músicos do Brasil, Seção Pará,
vão tratar da regionalização do ensino.
A
paulista Viviane Louro, uma das maiores autoridades em inclusão social para deficientes
no Brasil, ministrará oficina e também debaterá com os professores Antônio
Padua Sales  e Áureo de Freitas. Os professores Lia Braga (UEPA), Cláudio
Trindade (UEPA) e Ana Margarida Camargo (UFPA) também serão debatedores, sobre
o ensino superior da Música.
Fernando
Sardo, músico multi-instrumentista e luthier experimental, ministrará oficina
de construção de instrumentos. Também de São Paulo vem a professora de canto
Diana Goulart. Os dois discutirão a História do Ensino Musical no Brasil, ao
lado de Lúcia Couceiro e Marcelino Moreno (UFPA).
Vão discutir
as interfaces da música o produtor e jornalista Elielton Nicolau Amador, membro
do Colegiado Setorial de Música do Minc, e Miguel Santabrigida, produtor e
diretor de teatro. E, no encerramento do ciclo de debates, o professores
Antônio Maciel, Georgette Lago (UEPA), Paulo Murilo (UEPA) e Sônia Chada (UFPA)
vão falar sobre Etnomusicologia. As oficinas terão ainda a participação de
André Hosoi, compositor, multi-instrumentista e artista gráfico, formado em música
popular pela Unicamp, ex-diretor da Auê – Núcleo de Ensino Musical e integrante
do grupo Barbatuques, onde coordena o núcleo de educação musical.
Entre
as atrações musicais, estão confirmadas as bandas Álibi de Orfeu, Zarabatana
Jazz e Dayse Addario, Nanna Reis, Groovedelic, o pianista Leonardo Coelho de
Souza e a Orquestra de Violoncelistas da Amazônia. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *