A Prefeitura de Belém está convidando os moradores da Cidade Velha à Consulta Pública sobre a reforma e revitalização do prédio ao lado da Igreja da Sé, onde por muito tempo funcionou a Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel).…

As eleições de 2022 coincidem com o bicentenário da Independência e os 90 anos de conquista do direito do voto feminino, ocorrida em 24 de fevereiro de 1932. Durante todo o Império, as brasileiras não puderam votar e somente 43…

O Ecomuseu da Amazônia, da Fundação Escola Bosque (Funbosque) promoveu no domingo, 25, na Ilha de Cotijuba, o roteiro patrimonial, pelo encerramento da 16ª Primavera dos Museus. Os visitantes conheceram o pólo do Ecomuseu, a história de Cotijuba, que passa…

A prefeitura de Portel, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, lançou na sexta-feira passada (23) o projeto Marajó Sustentável, aliado ao Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da Seringueira no Estado do Pará…

Multimodalidade em Marabá

A governadora Ana Júlia Carepa recebeu hoje a confirmação, pelo diretor geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot, do repasse de R$ 30 milhões para a 1ª etapa do projeto da Plataforma Logística Intermodal de Transportes de Marabá, via convênio a ser firmado com o Estado até o começo da semana que vem. Os recursos foram alocados pela bancada federal do Pará no OGU e integram o PAC. O projeto viabilizará a siderúrgica de aço laminado da Vale e empreendimentos em logística na região, que inclui a revitalização do Distrito Industrial de Marabá, além da conexão com as eclusas de Tucuruí e com o Porto de Vila do Conde. A primeira etapa está estimada em R$ 76 milhões, valor já conveniado com o Dnit e que prevê implantação de infra-estrutura para entrada de insumos e escoamento de produtos. O terminal terá capacidade para receber granéis sólidos, minério e derivados e carga geral. O porto será construído à margem esquerda do rio Tocantins, na altura do Km 14 da BR – 230, na área de influência do parque industrial e deverá ocupar área de 370 mil m2, incluindo pátio multimodal integrado à rodovia e no futuro um ramal ferroviário. As obras serão executadas pela Companhia de Portos de Hidrovias, vinculada à Secretaria de Integração Regional.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *