Os dirigentes do Sindicato e da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa festejaram o resultado da reunião de hoje com o presidente da Alepa, deputado Chicão, que também convidou para o encontro o Chefe de Gabinete da Presidência, Reginaldo Marques…

A Administração Superior do Ministério Público do Pará está empenhada em fortalecer a atuação dos promotores de justiça no arquipélago do Marajó, onde a situação de extrema pobreza, agravada pela pandemia, perpetua crimes gravíssimos como os abusos e exploração sexual…

“A Prefeitura de Belém, por meio da Comissão de Defesa Civil de Belém, informa que realizou vistoria técnica no bloco B do imóvel localizado na avenida Presidente Vargas, 762, no dia 11 de fevereiro, às 9h, em conjunto com representantes…

DEM e PSL ainda nem consumaram a fusão, prevista para outubro deste ano, mas a briga já é de foice. O ex-presidente do Senado Davi Alcolumbre e o ex-prefeito de Salvador ACM Neto duelam nos bastidores pelo comando do novo…

Multimodalidade em Marabá

A governadora Ana Júlia Carepa recebeu hoje a confirmação, pelo diretor geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot, do repasse de R$ 30 milhões para a 1ª etapa do projeto da Plataforma Logística Intermodal de Transportes de Marabá, via convênio a ser firmado com o Estado até o começo da semana que vem. Os recursos foram alocados pela bancada federal do Pará no OGU e integram o PAC. O projeto viabilizará a siderúrgica de aço laminado da Vale e empreendimentos em logística na região, que inclui a revitalização do Distrito Industrial de Marabá, além da conexão com as eclusas de Tucuruí e com o Porto de Vila do Conde. A primeira etapa está estimada em R$ 76 milhões, valor já conveniado com o Dnit e que prevê implantação de infra-estrutura para entrada de insumos e escoamento de produtos. O terminal terá capacidade para receber granéis sólidos, minério e derivados e carga geral. O porto será construído à margem esquerda do rio Tocantins, na altura do Km 14 da BR – 230, na área de influência do parque industrial e deverá ocupar área de 370 mil m2, incluindo pátio multimodal integrado à rodovia e no futuro um ramal ferroviário. As obras serão executadas pela Companhia de Portos de Hidrovias, vinculada à Secretaria de Integração Regional.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *